PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus atrasa missão que ia buscar sinais de vida em Marte

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

De Tilt, em São Paulo

12/03/2020 09h16

A missão especial conjunta entre as agências espaciais de Rússia (Roscosmos) e Europa (ESA), que levaria uma sonda a Marte neste ano, foi adiada em dois anos, para 2022. A decisão levou em conta os riscos da pandemia do novo coronavírus pelo mundo e a necessidade de testes mais profundos nos sistemas que serão usados.

Nas mensagens compartilhadas pelas agências, o motivo mais importante para adiar o projeto foi a necessidade de mais testes para assegurar o seu sucesso.

"ESA e Roscosmos estão adiando o lançamento da segunda missão Exomars, para que sejam feitos todos os testes necessários para o sucesso da missão", tuitaram as agências.

De acordo com a ESA, já há um novo cronograma aprovado, que prevê que o lançamento fique para acontecer entre agosto e outubro de 2022.

O objetivo da missão é explorar e conhecer melhor Marte e verificar se há vida no planeta e o histórico da existência de água por lá.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS