Topo

Governo indiano diz ter achado sonda lunar, mas ainda não tem comunicação

Sonda Vikram, da missão espacial indiana Chandrayaan-2 - Divulgação/ISRO
Sonda Vikram, da missão espacial indiana Chandrayaan-2 Imagem: Divulgação/ISRO

Márcio Padrão

De Tilt, em São Paulo

08/09/2019 10h40

A Organização Indiana de Pesquisa Espacial (Isro, na sigla em inglês) disse neste domingo (8) que obteve a localização exata do módulo espacial lunar Vikram, da missão Chandrayaan-2. Na sexta-feira (6), a sonda sofreu um pouso forçado na Lua e o contato havia sido perdido.

O governo ainda está investigando o motivo que levou ao incidente e apesar de saber da localização do Vikram, também não estabeleceu pleno contato com o veículo ainda.

"Temos a imagem termal [usando mapa de calor] do Vikram na superfície lunar, obtida com nosso orbitador. Estamos analisando os dados", disse o presidente da Isro, Kailasavadivoo Sivan, ao jornal local "Times of India". Até a publicação desta notícia, a citada imagem não havia sido liberada para a imprensa.

O Vikram, que deveria ter aterrissado cerca de 17h25 (hora de Brasília) de sexta-feira, desviou-se da trajetória pretendida antes de se tornar incomunicável, apenas cerca de três minutos antes do pouso esperado. A ideia original era liberar o jipe Pragyan para explorar a superfície lunar por uma hora e coletar amostras.

A Índia queria ser a quarta nação a conseguir pousar uma sonda na Lua, depois de União Soviética, Estados Unidos e China. Em abril, uma nave de Israel caiu ao tentar pousar no satélite.

O comitê de análise de falhas da missão está investigando as causas do problema com o Vikram. Os primeiros indícios apontam para um possível excesso no empuxo da trajetória, ou uma velocidade horizontal além da esperada que o tirou do alvo pretendido.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Astronomia