PUBLICIDADE

Topo

Apagão na Twitch: organizadores se surpreendem com a grande repercussão

Apagão Twitch - Reprodução/Twitter
Apagão Twitch Imagem: Reprodução/Twitter

Bruno Izidro

Do START, em São Paulo

20/08/2021 17h54Atualizada em 20/08/2021 20h51

O movimento Apagão na Twitch ganhou grande repercussão online esta semana ao chamar streamers e espectadores para uma "greve" na plataforma, sem realizar e assistir lives na próxima segunda-feira (23).

A divulgação tomou proporções tão grandes que surpreendeu até mesmo a organização, segundo um representante do movimento entrevistado por START, que preferiu permanecer anônimo.

Inspirados em protestos de motoristas de aplicativos, como iFood e Uber, que ficaram conhecidos como "Apagão dos Apps", alguns streamers decidiram fazer também um apagão.

O principal objetivo do Apagão na Twitch é chamar a atenção da empresa e reivindicar melhoras no repasse no valor das inscrições pagas para os streamers, que sofreu mudanças em julho.

Os preços de inscrições nos canais da Twitch, os chamados subs, ficaram mais baratos para os espectadores, mas isso significou também uma diminuição grande na receita de todos os criadores de conteúdo da plataforma.

Conversamos mais sobre essa situação no podcast Game Trends. Ouça:

Uma das consequências dessa mudança foi a criação da União dos Streamers, que indiretamente também influenciou o surgimento do Apagão da Twitch.

O representante deixou claro, porém, que são grupos diferentes:

Não concordamos com as táticas usadas pela União dos Streamers ou com seu posicionamento político, mas achamos de extrema importância que eles tenham iniciado um movimento e um debate com a comunidade

Ao longo da semana, vários influenciadores e streamers comentaram sobre o Apagão, que se espalhou rapidamente

A repercussão pegou os próprios organizadores de surpresa.

Como o movimento tomou agora grandes proporções, o que não esperávamos, não temos controle exato dos números. Mas esperamos que boa parte da comunidade tome consciência do evento e o apoie

Por fim, o grupo diz que está conversando sobre realizar mais "apagões" após este primeiro.

ATUALIZAÇÂO: O START procurou a Twitch, que enviou a seguinte declaração:

"Apoiamos os direitos de nossos streamers de se expressarem e chamarem a atenção para questões importantes em nosso serviço. Estamos ouvindo este feedback e continuaremos a trabalhar para fazer da Twitch o melhor serviço para os criadores de conteúdo criarem e promoverem suas comunidades."

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol