PUBLICIDADE

Topo

Duo Start

Leo Bianchi entrevista os pro-players e streamers mais hypados do momento


Gorila, da Fluxo: "Quer virar streamer? Espere o próximo Free Fire"

De START, em São Paulo

07/03/2022 04h00

Atualmente com mais de 1,5 milhão de inscritos no YouTube e 1,2 milhão no Instagram, Gorila é uma daquelas histórias de sucesso que só Free Fire sabe proporcionar.

Ex-lixeiro e bodybuilder amador, Igor Alan decidiu arriscar tudo e virar streamer em um dos momentos mais dramáticos da sua vida. Tinha acabado de ser demitido e batido o carro; não tinha grana para pagar o conserto ou a faculdade de engenharia civil; sua mãe estava grávida e doente; e seu namoro estava em crise.

Pesquisou o jogo em alta naquele momento. Deu Free Fire. Tentou um mês de vídeo gravado, não deu muito certo. Mas na hora que migrou para lives, seu carisma fez toda a diferença.

"Meu primeiro e segundo pagamentos pelo YouTube foram R$ 2 mil cada. O terceiro já foi R$ 35 mil", relembra.

Gorila fez estas e outras revelações em um bate-papo bem-humorado com START. Ele também falou sobre racismo nos games, sua fase atual contratado pela Fluxo, e deu dicas para quem quiser seguir seus passos: "Espere o próximo Free Fire."

Video 1

Gorila conta como surgiu seu nick, fala do seu passado como bodybuilder e do seu presente, como papai de primeira viagem. Confira o vídeo no topo da página.

Vídeo 2

Aqui, ele revela como era sua vida como lixeiro e estudante de engenharia civil - e a não tão difícil decisão de trancar a faculdade quando seu terceiro mês no YouTube já rendeu R$ 35 mil. Confira:

Vídeo 3

"Estava tudo dando errado". É assim que Gorila define o momento em que o YouTube e o Free Fire entraram em sua vida. Neste vídeo, ele também fala da collab que o levou de 5 mil inscritos para 130 mil em apenas dois dias:

Vídeo 4

O grande "padrinho" na carreira de Gorila foi El Gato, que o levou para sua org, a Los Grandes. Mas como foi o momento em que ele saiu de lá para aceitar o convite da Fluxo? Será que pegou mal? Ele conta neste vídeo:

Vídeo 5

Como um dos poucos influenciadores negros de grande porte no país, Gorila já sofreu diversas agressões racistas. "Xingavam de graça. Entravam na live só para xingar", desabafa. Veja suas histórias e sua análise do cenário atual:

Vìdeo 6

Para finalizar, Gorila faz uma "DR" da sua atual relação com Free Fire. Além de avaliar a saturação de conteúdo com o battle royale da Garena, ele também revela outros jogos que curte jogar no tempo livre:

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol