Topo

Radar


Oito games brasileiros que não vemos a hora de jogar

"Wind Runners" é um jogo de combate da Ludic Studios - Divulgação
"Wind Runners" é um jogo de combate da Ludic Studios Imagem: Divulgação

Makson Lima

Colaboração para o START, em São Paulo

07/08/2019 04h00

Nós já trouxemos os jogos brasileiros indispensáveis para qualquer coleção, mas agora vamos olhar para o futuro: quais são os jogos BR que estão dando o que falar e podem chegar nos próximos meses ou anos?

Separamos alguns dos nomes mais criativos e interessantes que já estão ganhando versões demo ou marcando presença em eventos por aí. Esquecemos de algum? É só avisar!

EXODEMON

Lançamento: 2019 (PC)
Desenvolvimento: Kuupu

Liberte seus demônios em primeira pessoa - Reprodução
Liberte seus demônios em primeira pessoa
Imagem: Reprodução

Começando com um pequeno cheat, já que "Exodemon" acabou de ser lançado. Trata-se de um FPS acelerado e de precisão, altamente inspirado em clássicos tipo "Quake" e "Hexen", que tem agradado imensamente quem conseguiu largar "Devil Daggers" para fazer algo mais da vida. "Exodemon" é trabalho do estúdio independente Kuupu.

RELIC HUNTERS LEGEND

Lançamento: 2020
Desenvolvimento: Rogue Snail

Chame os amigos porque a festa está garantida - Divulgação
Chame os amigos porque a festa está garantida
Imagem: Divulgação

Com previsão para o primeiro semestre de 2020 (ou quando estiver pronto!), "Relic Hunter Legends" promete uma história emocionante, gameplay cooperativo no esquema top-down, shooter-looter e em ambientes 3D, muito coloridos. Caso a ansiedade esteja consumindo você por dentro, saiba que uma prévia gratuita, e com código fonte aberto, "Relic Hunters Zero", já está disponível via Steam! A criação é do estúdio Rogue Snail e possui desenvolvedores que trabalharam no excelente "Chroma Squad" (Behold Studios).

BEDTIME FRIGHT

Lançamento: 2019?
Desenvolvimento: REVStudio

Quem tem medo do escuro? - Divulgação
Quem tem medo do escuro?
Imagem: Divulgação

É a temática do medo de apagar as luzes da casa antes de dormir aliada à mecânica aparentemente simples do "resta 1", clássico dos tabuleiros. "Bedtime Fright" ainda exala estilo com seus gráficos monocromáticos de Game Boy e sua assombração cruel, capaz de fazer o garotinho protagonista, Kiddo, se molhar todo. Cria do estúdio paulista REVStudio.

ARITANA AND THE TWIN MASKS

Lançamento: 2019 (Xbox One)
Desenvolvimento: Duaik

Aritana chega primeiro para Xbox One, e depois para PS4 - Divulgação
Aritana chega primeiro para Xbox One, e depois para PS4
Imagem: Divulgação

Chegando dia 16 de agosto para Xbox One e ano que vem para PS4, "Aritana and the Twin Masks" dá continuidade às aventuras do destemido índio, iniciadas em 2014 com "A Pena da Harpia". Os cenários 2,5D dão espaço a algo totalmente tridimensional e com exploração livre. O cajado dá lugar ao arco e flecha, a mais importante ferramenta de Aritana nessa nova jornada. O desenvolvimento é do estúdio Duaik, de São Paulo.

MOONRIDER

Lançamento: 20XX
Desenvolvimento: JoyMasher

Depois de "Blazing Chrome", a JoyMasher já está com "Moonrider" engatilhado - Divulgação
Depois de "Blazing Chrome", a JoyMasher já está com "Moonrider" engatilhado
Imagem: Divulgação

"Blazing Chrome" mal foi lançado e a JoyMasher, dos já clássicos "Oniken" e "Odallus", revela seu novo projeto: "Moonrider"! Um ninja ciborgue desfere golpes, rasteiras e dive kicks em soldados numa base militar futurista, tudo com gameplay meio Shinobi, meio Mega Man X. Ou seja, melhor impossível.

WIND RUNNERS

Lançamento: 2020
Desenvolvimento: Ludic Studios

Queremos Wind Runners para ontem! - Divulgação
Queremos Wind Runners para ontem!
Imagem: Divulgação

"Wind Runners" é amor à primeira vista para quem curte jogos de navinha. A impressão que tive quando me deparei com o jogo foi a de vislumbrar a versão 2D (e com pixel art absurdamente maravilhosa) do melhor "Ace Combat". E quem já jogou "Akane" sabe bem o nível de qualidade dos jogos da Ludic Studios.

SKY RACKET

Lançamento: 2019?
Desenvolvimento: Double Dash

Atirar, quebrar blocos, ou tudo isso ao mesmo tempo? - Divulgação
Atirar, quebrar blocos, ou tudo isso ao mesmo tempo?
Imagem: Divulgação

Não é todo dia que um novo gênero de videogame é criado, e "Sky Racket" nos apresenta o Shmup Breaker, que é, essencialmente, jogo de navinha + quebrar blocos. Essa originalidade toda é criação do estúdio Double Dash, que tem como filosofia justamente isso, apresentar ideias novas atreladas a boas mecânicas, sejam antigas ou mais modernas. E uma demo já está disponível no Steam.

KAZE AND THE WILD MASKS

Lançamento: 2019
Desenvolvimento: Vox Game Studio

Não dá pra recusar um bom jogo de plataforma - Divulgação
Não dá pra recusar um bom jogo de plataforma
Imagem: Divulgação

Fãs de Donkey Kong, um minutinho de sua atenção aqui, por favor: "Kaze and the Wild Masks" promete relembrar os melhores momentos dos jogos de plataforma 2D das antigas. E essa janela para o passado é cortesia do estúdio de Porto Alegre, Vox Game Studio.

Para ficar por dentro de mais notícias, gameplays insanos e também trocar uma ideia com o START, é só seguir a gente no Twitter e no Instagram!

Errata: o texto foi atualizado
O estúdio Rogue Snail não desenvolveu "Chroma Squad", como estava descrito anteriormente. Alguns, mas não todos, os desenvolvedores que hoje estão na Rogue Snail trabalharam em "Chroma Squad". O texto foi modificado para a informação correta.

Radar