PUBLICIDADE

Topo

"Tá no Ar", da Globo, satiriza gays com 'videogame da família moderna'

Do UOL, em São Paulo

20/03/2015 12h07Atualizada em 20/03/2015 15h00

O programa humorístico "Tá no Ar", da Globo, satirizou a comunidade gay em um quadro exibido ontem (19) e usou os jogos para isso. Na esquete, que imita um comercial de TV, é apresentado o "Videogay, o primeiro videogame da família moderna".

São mostradas várias sátiras de jogos, como "Super Mario Boys" onde você pode ser "a princesa destes boys magia", um jogo de ação no melhor estilo "Grand Theft Auto", intitulado "GLBTA IV", o game de futebol "BIBA 15" e outros, como "Pokémona" e "Dragqueen Ball Z".

Embora o "Videogay" tenha a aparência de um PlayStation 3 cor de rosa, as caixinhas dos jogos são uma variação das caixas do Xbox 360, trocando o verde por um arco-íris e o fabricante do console fictício é a Microbofe.

No Twitter, o ator Marcelo Adnet diz que o foco da piada está nos jogos, não os gays.