PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Brasileirinhas processa Instagram para obter selo de verificação

Elisa Sanches, a 1ª mulher a apresentar o reality show digital "A Casa das Brasileirinhas" - Reprodução / Internet
Elisa Sanches, a 1ª mulher a apresentar o reality show digital "A Casa das Brasileirinhas" Imagem: Reprodução / Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

17/06/2021 13h23

Maior produtora de filmes adultos do país, a Brasileirinhas decidiu mover uma ação judicial civil contra o Instagram para que a rede (que pertence ao Facebook) lhe conceda o selo de verificação (ou de autenticação).

O Instagram afirma que ainda não foi notificado da ação (veja mais abaixo).

O selo de verificação --aquele símbolo ou 'vistinho' azul que aparece à frente de muitos perfis-- é dado pela rede social a marcas e pessoas famosas ou com relevância em todo o mundo.

A Brasileirinhas afirma que está sendo prejudicada pela falta do selo de autenticação porque sua marca tem sido "pirateada" por outros usuários que se passam por funcionários dela e que praticam assédio sexual contra aspirantes a atrizes e atores.

Outras produtoras têm selo

Outras produtoras de filmes pornô, como a brasileira Sexy Hot e a canadense Brazzers, por exemplo, possuem selo de verificação.

Além disso, o Instagram também tem concedido há anos selos para atores e atrizes pornô como Sasha Grey, Kendra Lust e Lisa Ann, entre outras.

A Brasileirinhas também acusa o Instagram de não aceitar suas denúncias contra usuários "piratas" de sua marca "justamente porque o perfil não tem o selo de verificação".

"Para nós, tentar denunciar os perfis falsos é como um cachorro tentando morder o próprio rabo", afirma Clayton Nunes, CEO da produtora.

Perfis falsos denunciaram verdadeiro, diz CEO

No processo, a Brasileirinhas está anexando 12 perfis falsos que usam não só o nome, mas também o logotipo da produtora.

O perfil verdadeiro é o https://www.instagram.com/official.brasileirinhas/. Foi necessário usar dois "f' porque, com apenas um, outro usuário provavelmente já havia se apoderado.

Nunes afirma que decidiu mover a ação porque o nome da empresa está sendo prejudicado e crimes estão sendo cometidos em nome dela.

Afirmou ainda que o Instagram já derrubou um perfil anterior da produtora porque aceitou denúncias justamente das contas "fakes". O Instagram não comentou isso também.

Segundo eles, os perfis falsos fazem de tudo para derrubá-lo porque sabem que ele tem uma equipe dedicada apenas a proteger sua marca e a "caçá-los" --inclusive judicialmente.

Outro lado

A coluna procurou o Instagram para comentar o assunto.

Antes, explicou todo o caso e enviou o nº do processo, que tem o nº 1054090-97.2021.8.26.0100 e corre na Justiça paulistana.

Por meio de sua assessoria, a rede afirmou que ainda não foi notificada e que, por isso, não comentaria a ação.

A coluna também tentou entrar em contato com alguns perfis "fakes", mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops