PUBLICIDADE
Topo

Entenda a treta Zé Neto x Anitta que levou a uma crise do sertanejo

De Splash, em São Paulo

29/05/2022 10h37

Zé Neto, da dupla com Cristiano, e Anitta são protagonistas de uma das polêmicas que mais tem rendido assunto nos últimos tempos, isso porque um comentário do cantor sertanejo sobre a artista levou a uma grande discussão sobre o uso de dinheiro público para financiar shows, até mesmo com apresentações sendo canceladas. Além de, é claro, diversos comentários nas redes sociais.

Abaixo, Splash te explica detalhes de como a treta envolvendo Anitta e Zé Neto levou a uma crise no sertanejo.

A treta

Tudo começou com uma fala de Zé Neto durante um show em Sorriso, no Mato Grosso, em 13 de maio deste ano. Para exaltar o próprio sucesso e a cidade que o recebia, o cantor lançou uma provocação sobre a Lei Rouanet e os artistas que precisam "fazer tatuagem no toba" para mostrarem se estão bem ou mal:

Estamos aqui em Sorriso, Mato Grosso, um dos estados que sustentou o Brasil durante a pandemia. Não somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet. Nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no 'toba' para mostrar se a gente está bem ou mal. A gente simplesmente vem aqui e canta, e o Brasil inteiro canta com a gente. Zé Neto, em show

É sabido que Anitta tem uma tatuagem íntima na região do ânus — a cantora falou sobre o desenho no reality "Ilhados com Beats", e até postou um vídeo retocando a tattoo no OnlyFans.

À época, seus fãs saíram em sua defesa, e famosos como Felipe Neto e GKay também ficaram do lado da funkeira.

"'A gente não precisa fazer tatuagem no toba para mostrar que tá bem'. Diz o cara que precisa atacar a colega de profissão para ser notado. Tinha que ser minion", comentou Felipe Neto.

GKay citou a apresentação de Anitta no Coachella e afirmou: "Late mais alto, que de onde a Anitta tá ela não escuta, more".

Até o pai de Anitta opinou sobre a polêmica, dizendo que não é a primeira vez que Zé Neto tem "problemas unilaterais" com sua filha:

Esse merd* sempre teve problemas unilaterais com ela. No Festeja, deu ataque porque ela abriu um show sertanejo. Mais tarde, em uma cidade do interior, colocou o ônibus deles trancando a saída da nossa produção. Mauro Machado, pai de Anitta

Com a repercussão de sua fala, Zé Neto se pronunciou: "Não falei o nome de ninguém. Mas o engajamento está top. Mete o pau. Desculpa não responder todo mundo, é que tenho 23 shows neste mês. Então, vou descansar aqui. Beijo, pessoal", comentou o cantor, numa postagem no Instagram.

"Caixa de Pandora"

Com a repercussão, muito começou a se comentar sobre o uso de verbas públicas em shows sertanejos, até que, em 25 de maio, o MPRR (Ministério Público do Estado de Roraima) abriu investigação sobre a contratação do cantor Gusttavo Lima na cidade de São Luiz (RR), com cachê fixado em R$ 800 mil, como foi reportado por Splash.

A população do município é estimada em 8.232 pessoas segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Dividindo o cachê acordado pelo número de moradores de São Luiz, cada cidadão estaria pagando cerca de R$ 97 pelo show.

Ontem, a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro (MG) anunciou que o show de Gusttavo Lima, previsto para o dia 20 de junho, com um cachê de R$ 1,2 milhão, está cancelado. Também foi adiada a apresentação da dupla Bruno e Marrone, marcada para a mesma data.

Segundo o colunista de Splash Fefito, a fala de Zé Neto abriu uma "Caixa de Pandora": "De tanto falar da Lei Rouanet, agora revelou-se que boa parte dos shows realizados pelo Brasil teriam sido pagos com dinheiro público, muitas vezes sem licitação". O jornalista ainda reportou que o cantor tem lidado com uma crise nos bastidores, com os colegas irritados com ele.

"Tororó"

Para comentar tudo o que vem acontecendo desde comentário de Zé Neto, Anitta usou as redes sociais em tom de ironia.

Em uma publicação feita no Twitter pessoal da cantora, ela disse: "E eu achando que tava só fazendo uma tatuagem no tororó". Sem citar nomes, ela deixa a entender que sua pretensão inicial era apenas tatuar a região do ânus, não começar uma grande discussão sobre os cachês pagos a sertanejos em apresentações.