PUBLICIDADE
Topo

Marisa Monte celebra álbum gravado remotamente em vários lugares do mundo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/08/2021 04h00

Marisa Monte é a convidada de Zeca Camargo, para o "Splash Entrevista" desta semana, no Canal UOL. A cantora, compositora, produtora musical e multi-instrumentista comemorou o aniversário de 54 anos, no dia 1º de julho, lançando "Portas", seu trabalho inédito em 10 anos.

Para Zeca Camargo, Marisa contou que o projeto inicial precisou de algumas alterações, por conta da pandemia do coronavírus. Mas que a necessidade do isolamento e distanciamento social favoreceram algo único: gravar com músicos de vários lugares do mundo.

Segui um misto de gravações aqui no Rio, e gravações remotas em todo o mundo. Gravei uma orquestra em Lisboa, gravei em Madri, gravei em Los Angeles, gravei com músicos de Nova York, Seattle. Mixei em NY, em Los Angeles, no Rio. Eu parti para um modelo híbrido de produção, meio remoto e meio presencial. Marisa Monte

De acordo com a convidada da semana, isso não teria acontecido caso fosse possível pega um avião e se deslocar para uma gravação: "Abriu uma nova possibilidade de gravação", completou.

as - Splash Entrevista / UOL - Splash Entrevista / UOL
Zeca Camargo e Marisa Monte conversam sobre projetos da cantora
Imagem: Splash Entrevista / UOL

Tecnicamente perfeito

Zeca, que contou já ter ouvido o álbum, elogiou o disco como 'tecnicamente perfeito', mas quis saber se o clima de estúdio fez falta, mesmo com um ótimo resultado final. E ela revelou os bastidores.

Só entrei em estúdio em novembro, com testes e todo mundo se cuidando. Ninguém ia para lugar nenhum, ninguém tinha contato com ninguém. Foram pequenos períodos de gravações e depois grandes intervalos para ver se estava tudo bem. A gente fez um grande modelo de produção considerando o momento sanitário. Marisa Monte

Mesmo com as gravações acontecendo em diversas partes do mundo, Marisa contou que fez questão, seguindo todos os protocolos, que os grupos estivessem juntos: "Essa sensação de identidade e alívio que você só consegue com pessoas tocando junto", explicou falando não gostar da ideia de gravar o disco em camadas.

"Em um momento em que os encontros estavam perigosos e raros, foi um grande desafio fazer um disco através de encontros". Marisa Monte

"Splash Entrevista"

Toda quarta-feira, Zeca Camargo recebe convidados especiais, em conversas divertidas sobre o dia a dia, trajetória e novos projetos. Na última semana, Emicida falou do seu novo álbum e celebrou ida para Universidade em Portugal, como professor.

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.