PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Marcelle Carvalho

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mudança de fase de "Pantanal" é marcada por cena poética

Pantanal: Zé Leôncio (Marcos Palmeira) e Filó (Dira Paes) se beijam na prainha - Reprodução/TV Globo
Pantanal: Zé Leôncio (Marcos Palmeira) e Filó (Dira Paes) se beijam na prainha Imagem: Reprodução/TV Globo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Marcelle Carvalho

Marcelle Carvalho é jornalista que cobre, há duas décadas, o universo da televisão. Suas maiores paixões são novelas e séries, que serão abordadas aqui a partir da visão de quem vê e de quem faz.

Colunista do UOL

13/04/2022 04h00

Confesso que estava esperando a mudança de fase de "Pantanal" com certa ansiedade. A cada cena exibida na noite desta terça-feira (12), a expectativa aumentava: seria agora? Sem saber ao certo o momento, fui pega de surpresa por uma passagem de tempo extremamente poética: ao som de "Dia Branco", na voz de Geraldo Azevedo, vinte anos se passaram enquanto José Leôncio e Filó se amavam dentro do rio. Os personagens entraram nas águas ainda na pele de Renato Góes e Letícia Salles, e saíram Marcos Palmeira e Dira Paes. Que momento, meus amigos!

Ainda estava impactada pela beleza do momento paixão pantaneira, quando uma imagem aérea do Rio de Janeiro tomou a tela. Era a deixa para Jove (Jesuíta Barbosa) entrar em cena e deixar claro o orgulho de ser um playboy. O rapaz se mostrou destemido ao pular de um avião, vestido com um traje planador, fazendo jus ao DNA corajoso dos Leôncio. Ao mesmo tempo, já deu para perceber as diferenças entre ele e o pai, que vão nortear a relação deles quando o carioca for ao encontro do pai peão. Vai ser interessante ver este jogo entre Barbosa e Palmeira. Aliás, há uma expectativa em cima do veterano ator por ele ter estado na primeira versão de "Pantanal". Na ocasião, ele interpretou Tadeu, filho de José Leôncio (Claudio Marzo). Agora, será o próprio patriarca. Impossível não ficar com os olhos grudados na performance dele.

No mais, o primeiro dia da nova fase de "Pantanal" mostrou os movimentos iniciais de alguns personagens já conhecidos, porém, sendo interpretados por outros atores. As irmãs Madeleine e Irma, agora defendidas pelas atrizes Karina Telles e Camila Morgado, respectivamente, parece ainda terem muitas rusgas, além de disputarem a atenção de Jove,

De volta à região pantaneira, Juma (Alanis Guillen) cresceu e apareceu. A filha de Maria Marruá (Juliana Paes) bem como sua mãe, apareceram pouco, mas já deixaram claro que estão ainda mais arredias. Portanto, ai de quem bulir com as duas! Mas parece que Rute (Bella Campos) vai atiçar a onça com vara curta para saciar sua sede de vingança. Pode ter sido rápida a aparição do trio, mas as atrizes trouxeram no olhar a força das personagens. É bem provável que os adeptos de Pantanal, presos na primeira fase tão bem construída, não saiam de campo e se permitam curtir a trama. Afinal, uma nova etapa do folhetim acaba de começar.