PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

Saiba quais foram os piores erros da primeira temporada da Ilha Record

Pyong Lee na Ilha Record (Reprodução/PlayPlus) - Reprodução / Internet
Pyong Lee na Ilha Record (Reprodução/PlayPlus) Imagem: Reprodução / Internet
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

02/09/2021 18h51

Assim como os filmes dos Safdie Brothers e os livros de Rachel Cusk, a Ilha Record já nasceu como um clássico cult e certamente terá influência profunda em boa parte da produção cultural dos próximos anos.

Apesar de não ter estourado no ibope, conta com o prestígio da crítica e também dos entusiastas mais atentos ao gênero. Pelo menos uma de suas histórias, a perigosa proximidade entre Pyong e Antonella, conseguiu furar a bolha e pautou o noticiário de celebridades.

Mas nem tudo foi festa na primeira temporada do formato. Na lista a seguir, o amigo leitor terá acesso aos 3 principais erros de acordo com levantamento feito pela Coluna Chico Barney.

Adversário à altura

O elenco é primoroso, quase um gabarito. Todo mundo rendeu em algum momento da temporada, e a caverna do exílio é um achado. Mas faltou quem pudesse fazer uma frente à postura dogmática de Pyong Lee, que atuou como showman o tempo todo.

Independentemente do resultado, o fato é que o ex-BBB não encontrou ninguém que pudesse pará-lo nas provas e nas estratégias. Tirou quem quis, tanto do jogo quanto do sério.

Fica a expectativa por uma revanche do hipnólogo contra Felipe Prior ou Babu em algum reality show no futuro.

Grade

Foi um escândalo perceber que o programa tinha apenas 15 minutos de arte às sextas —muitas vezes, nem isso. A exibição também é sempre muito tarde, às 22h45 durante a semana e às 23h aos sábados. Além disso, deixaram de aproveitar os domingos, que andam tão carentes de bom entretenimento noturno.

Enlatado

É fundamental que a próxima temporada seja totalmente ao vivo. Foi uma experiência interessante prestigiar uma temporada já totalmente gravada, mas só mesmo a energia do tempo real para comover os fã-clubes e realmente pautar com mais eloquência as redes sociais.

No mais, trata-se de uma ótima novidade da Record, que merece ocupar uma vaga definitiva na programação anual da emissora.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.