PUBLICIDADE
Topo

Aline Ramos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Quem paga o pay-per-view da Fazenda não vê os melhores momentos do reality

Dynho Alves e Nego do Borel em A Fazenda 13  - Reprodução /  PlayPlus
Dynho Alves e Nego do Borel em A Fazenda 13 Imagem: Reprodução / PlayPlus
Conteúdo exclusivo para assinantes
Aline Ramos

Aline Ramos é jornalista, mas tá mais pra palpiteira, por isso cria conteúdo na internet desde 2014. Você com certeza já fez algum teste dela no BuzzFeed, onde foi redatora por dois anos. É especialista em diversidade e dá consultoria para marcas em temas como raça e gênero. Mas o que ama mesmo é escrever sobre entretenimento e dar opinião sobre tudo, se bobear até sobre a sua vida.

Colunista do UOL

24/09/2021 15h55

Há quem acredite que só dá para conhecer de verdade um participante de A Fazenda se acompanhá-lo 24 horas por dia (ou o máximo que conseguir). Por isso, os fãs do reality show desembolsam R$15,90 por mês para assinar o Playplus, serviço de streaming da Record. Dessa forma, a ideia é seguir atenciosamente cada passo de seus favoritos a todo instante.

Porém, após dez dias de programa, podemos dizer que quem paga pelo serviço para assistir A Fazenda tem sido lesado, já que as câmeras são cortadas nos momentos mais importantes e impactantes do reality.

Isso aconteceu quando Aline Mineiro beijou algumas vezes Dayane Mello e Fernanda Medrado. Nessas ocasiões, as câmeras logo mudaram de ângulo para não mostrar os momentos de afeto entre duas mulheres.

Quando Nego do Borel se descontrolou e quase apanhou de Dynho Alves, as câmeras do PlayPlus filmaram o nada. Deu apenas para se ouvir alguns gritos, e o que aconteceu de fato ficou por conta da imaginação de quem estava assistindo na hora. As imagens da confusão foram mostradas apenas no fim do dia, no programa da TV.

Na saída de Medrado, foi pior. A cantora bateu o sino para deixar o programa e simplesmente todos ficaram sem saber o que aconteceu. Só deu para entender um pouco mais desse momento na edição que foi ao ar na Record.

Não é de hoje que o Playplus funciona desse jeito durante A Fazenda, essa é uma reclamação antiga em relação ao serviço. Para esta edição, houve melhoras e foram incluídas nove câmeras diferentes para acompanhar os peões dentro da casa, mas um dos principais problemas permanece.

Durante os programas na TV, a apresentadora Adriane Galisteu enche a boca para dizer que as câmeras são "para você não perder nada". Porém, na realidade, temos visto que se perde, e muito.

Quando as tretas começam, a prioridade não tem sido o assinante do Playplus, mas a edição que vai ao ar à noite. É compreensível que a emissora queira guardar o conteúdo mais quente para alavancar o programa exibido na Record, mas não é honesto com o público do Playplus, que paga pelo serviço e não tem recebido o que é prometido.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL