PUBLICIDADE
Topo

Com minissaia viral e tênis, grife Miu Miu conquista famosas e dita a moda

Fundada em 1992 por Miuccia Prada, que comanda a Prada, Miu Miu avançou dez casas e se tornou a 10ª grife "mais quente do momento" no primeiro trimestre de 2022, de acordo com a Lyst. O que há por trás do sucesso? - Edward Berthelot/Getty Images
Fundada em 1992 por Miuccia Prada, que comanda a Prada, Miu Miu avançou dez casas e se tornou a 10ª grife "mais quente do momento" no primeiro trimestre de 2022, de acordo com a Lyst. O que há por trás do sucesso? Imagem: Edward Berthelot/Getty Images

Gustavo Frank

De Nossa

23/05/2022 04h00

No começo do ano, só se falava de uma peça: a minissaia da Miu Miu. Estampando capas de revistas e vestindo famosas, desde Manu Gavassi até Maisasendo essa última uma das mais repercutidas aqui no Brasil, a roupa virou um fenômeno. No street style das Semanas de Moda, ela também estava lá. Tanto sucesso, não surpreendentemente, fez com que a grife disparasse entre as "mais quentes do momento" no primeiro trimestre de 2022, de acordo com a plataforma de busca mundial Lyst.

Segundo a pesquisa, três fatores fizeram com que a label subisse dez posições no top 20: a minissaia, o lançamento de um tênis e o renascimento da coleção masculina treze anos após sem lançamentos voltados aos homens.

Moda engajada
O viral

Hailey Bieber para Miu Miu - Divulgação/Miu Miu - Divulgação/Miu Miu
Hailey Bieber para Miu Miu
Imagem: Divulgação/Miu Miu

A saia com 20 centímetros de comprimento foi a maior catapulta para a grife fundada por Miuccia Prada — que atua também como designer-chefe da Prada: "A Prada é o que eu sou no final das contas e a Miu Miu é o que eu gostaria de ser. Ainda sou eu, mas tentando ser uma outra pessoa", definiu ela uma vez sobre seu trabalho de design nas duas etiquetas.

O produto foi o 3º mais pesquisado entre produtos para mulheres e aumentou em 400% as buscas pelo nome da Miu Miu nas plataformas digitais.

Com uma estratégia, pensada ou não, de dominar os assuntos mais falados nas redes sociais, a peça abraçou uma das principais tendências da moda atual: o engajamento digital e, consequentemente, o "viralizar".

Manu Gavassi | Miu Miu - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Manu Gavassi | Miu Miu
Imagem: Reprodução/Instagram

Maisa | Miu Miu - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Maisa | Miu Miu
Imagem: Reprodução/Instagram

Essa mesma abordagem acontece constantemente a partir da Balenciaga, como com o "tênis destroyed" mais recentemente. A casa de moda francesa ocupa atualmente o primeiro lugar entre as grifes mais quentes do momento, pela terceira vez consecutiva.

Apresentada durante a coleção de Primavera/Verão 2022, a roupa vestiu as modelos da Miu Miu propondo um retorno ousado aos escritórios. De forma disruptiva, os blazers e outros trajes mais sociais pareciam ter sido cortados como uma manifestação de liberdade contra ao confinamento dos anos na pandemia.

Miu Miu | Primavera/Verão 2022 - Divulgação - Divulgação
Miu Miu | Primavera/Verão 2022
Imagem: Divulgação

Fossem mulheres ou homens, todo mundo deixou as pernas de fora com as combinações clássicas: o top na mesma modelagem e o suéter sobreposto a camisa cropped.

Minsisaia da Miu Miu com top combinado - Getty Images - Getty Images
Minsisaia da Miu Miu com top combinado
Imagem: Getty Images

Minissaia da Miu Miu com camisa e suéter - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Minissaia da Miu Miu com camisa e suéter
Imagem: Reprodução/Instagram

Imersão no sportwear
O novo passo de sucesso

Miu Miu x New Balance 574 - Divulgação - Divulgação
Miu Miu x New Balance 574
Imagem: Divulgação

Os sneakers protagonizam um momento de renascimento. Com o retorno às ruas, neste período pós-pândemico, os calçados vivem o melhor momento. Neste caminho, o lançamento do tênis Miu Miu x New Balance 574 consolidou-se no mercado.

O produto, disponível por R$ 4,4 mil, também foi apresentado no desfile Primavera/Verão 2022 da grife. Com um design esportivo e reinterpretado com denim, o tênis apresenta uma estética desgastada, sem muito acabamento — o que, de acordo com a própria Miu Miu, faz "parte de um processo construtivo exposto para ressaltar a espontaneidade".

Miu Miu x New Balance 574 está disponível para compra por R$ 4,4 mil - Divulgação - Divulgação
Miu Miu x New Balance 574 está disponível para compra por R$ 4,4 mil
Imagem: Divulgação

A união das casas de moda de luxo com linhas de sportwear têm se tornado um recurso frequente no mundo da moda — principalmente com tênis. Aqui podemos lembrar o lançamento do sneaker feito em colaboração entre a Dior e a Nike: o produto de R$ 11 mil criou uma fila de 5 milhões de pessoas na espera para adquirir o produto exclusivo.

Dentre outros lançamentos que unem ambos os universos está a colaboração entre a Gucci com a Adidas e da Jacquemus com a Nike.

Gucci x Adidas - Divulgação - Divulgação
Gucci x Adidas
Imagem: Divulgação

Jacquemus x Nike - Divulgação - Divulgação
Jacquemus x Nike
Imagem: Divulgação

Posicionar a Miu Miu neste mesmo patamar, ao que tudo indica, é uma escolha premeditada da designer Miuccia. Isso porque, com a Prada, a estilista italiana alcançou não só sucesso, como prestígio ao se juntar com a Adidas.

Por meio dessa parceria, a grife mirou em um público mais vasto, pôde apostar em produtos de moda sustentáveis e, talvez o mais importante, se inserir no metaverso — a partir de um leilão online dos produtos da coleção de NFTs projetadas pelo artista digital Zach Lieberman.

Prada x Adidas - Divulgação - Divulgação
Prada x Adidas
Imagem: Divulgação

Investimento no menswear
O retorno esperado

Miu Miu | Outono/Inverno 2022 - Divulgação - Divulgação
Miu Miu | Outono/Inverno 2022
Imagem: Divulgação

Miu Miu | Outono/Inverno 2022 - Divulgação - Divulgação
Miu Miu | Outono/Inverno 2022
Imagem: Divulgação

Inovador, o desfile de Primavera/Verão 2022 foi um sucesso para a Miu Miu. Mesmo voltado ao público feminino — caso alguém ainda se importe com as normas — a grife viu homens aderirem às suas peças com favoritismo, como com as malhas recortadas ou míni jaquetas. Então, por que não criar esse espaço dentro da casa?

A coleção masculina da etiqueta teve seu retorno em março deste ano, 13 anos após ser descartada. A primeira linha para os homens foi lançada em 1999, sete anos após a fundação da Miu Miu.

Agora em 2022, as roupas de Miuccia para os garotos davam continuidade ao que foi apresentado junto a minissaia. Desta vez, ao contrário dos escritórios, as peças flertavam com o universo esportivo e a androginia — o que pareceu ideal para reapresentar o que tinha sido deixado para trás.

Polos e minishorts leves e bem trabalhadas, que pareciam não se importar com o frio, contrastavam com outras peças mais favoráveis às temperaturas mínimas, como calças de couro e suéteres em tons terrosos.

Miu Miu | Outono/Inverno 2022 - Divulgação - Divulgação
Miu Miu | Outono/Inverno 2022
Imagem: Divulgação

Motivos para ficar de olho na Miu Miu não faltam. Nos próximos meses, descobriremos como Miuccia fará para que esses olhares não se desviem.