PUBLICIDADE
Topo

Nativa da floresta, Lírio do Amazonas encanta com flores brancas

Lírio do Amazonas é ideal para enfeitar a casa sem ter muito trabalho - Getty Images/iStockphoto
Lírio do Amazonas é ideal para enfeitar a casa sem ter muito trabalho Imagem: Getty Images/iStockphoto

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

14/05/2022 04h00

Quem gosta do Lírio da Paz também vai se encantar com outra planta ideal para se ter dentro de casa, o Lírio do Amazonas. A planta é conhecida por folhas largas que podem chegar até a 40 centímetros e possuem um tom verde bem escuro, além de lindas flores brancas. Seu nome cientifico é Eucharis grandiflora.

De acordo com a bióloga e botânica Pit Passi, que compartilha conteúdos sobre plantas no seu perfil do Instagram, o Lírio do Amazonas não é uma planta de difícil cultivo, mas não se pode esquecer das regas.

Também não vai ser tão fácil em regiões com inverno mais rigoroso. Além disso, o que pode atrapalhar (e muito) o cultivo é a falta de iluminação. O ambiente deve ser muito iluminado sem sol direto nos horários mais quentes do dia", afirma, acrescentando que o sol direto só é indicado no começo ou final do dia.

Detalhe do Lírio do Amazonas - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Detalhe do Lírio do Amazonas
Imagem: Getty Images/iStockphoto

A floração do Lírio do Amazonas ocorre no outono e na primavera e uma curiosidade é que a planta requer uma queda de temperatura de uns 15 dias seguidos para florir.

"Isso quer dizer que ela pode florir várias vezes ao ano ou ser induzida à floração, que é o que acontece nas estufas comerciais. A queda de temperatura não deve ultrapassar dos 17°C, pois a planta não tolera temperaturas menores que 15°C ou geadas", detalha Pit.

O substrato perfeito

Lírio do Amazonas requer atenção com rega - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Lírio do Amazonas requer atenção com rega
Imagem: Getty Images/iStockphoto

De acordo com a botânica, o substrato mais adequado para esta planta é aerado, fibroso e bem drenável. "Para conferir essas propriedades, pode-se adicionar casca de pinus ou lascas de casca de coco, carvão vegetal em pedacinhos ou casca de arroz carbonizada", explica.

Para manter a umidade do solo, as regas devem ser feitas sempre que o primeiro terço do vaso secar.

E ainda é importante atentar à umidade do ambiente, pois como essa planta é natural da Amazônia, ela gosta de ambiente úmido".

Segundo a especialista, a adubação deve ser feita somente nos meses mais quentes do ano.

Já na hora de escolher o vaso para plantar a espécie, ela recomenda que sejam mais largos do que fundos, porque as raízes são em forma de bulbos e não atingem grandes profundidades. "Quanto ao material, depende da região. Vasos de barro podem ser usados em regiões em que a umidade do ar é alta quase o ano todo — a não ser que sejam impermeabilizados".

Escolha o vaso  certo para seu Lírio do Amazonas - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Escolha o vaso certo para seu Lírio do Amazonas
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Pragas e doenças

Pit lembra que planta saudável dificilmente é atacada por pragas ou acometida por infestações. Mas, se o Lírio do Amazonas não está nas condições ideais de luz, temperatura, adubação e regas, ele fica muito suscetível a ataques de fungos, lagartas e ácaros.

A botânica pontua que a planta pode ser cultivada tanto em ambiente interno como externo, desde que os cuidados já mencionados com a iluminação sejam mantidos.

Mas vale lembrar que elas devem ficar no máximo há 1,5 metro de distância da fonte luminosa (janelas ou varandas), pois menos que isso aumentam as chances de ela começar a amarelar ou contrair doenças e/ou pragas", detalha.

Lírio do Amazonas - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Lírio do Amazonas
Imagem: Getty Images/iStockphoto

E vale destacar que se trata de uma planta tóxica para pets. Por isso, se por ventura, o animal comer e passar mal, o mesmo deve ser levado para o veterinário rapidamente.