PUBLICIDADE
Topo

"Palácio nos Trilhos": conheça o trem luxuoso de R$ 1,8 bi feito com vidro

Conceito com vidro tecnológico, que pode ficar opaco e projetar cenários personalizados, veículo é uma criação do designer francês Thierry Gaugain - Reprodução/CNN
Conceito com vidro tecnológico, que pode ficar opaco e projetar cenários personalizados, veículo é uma criação do designer francês Thierry Gaugain
Imagem: Reprodução/CNN

De Nossa

17/07/2021 04h00

A experiência da viagem pode ser mais interessante do que o destino em si. Esse é um dos pensamentos por trás da criação do designer francês Thierry Gaugain, que desenvolveu um projeto até então chamado de "Palácio nos Trilhos".

Conhecido por criar o conceito de iates luxuosos, dessa vez o artista investiu em terra firme para a sua nova concepção. Com 14 vagões, o veículo tem 400 metros de comprimento e tem como intuito oferecer aos viajantes experiências únicas durante o trajeto.

Ou melhor, trajetos. Isso porque o trem, que alcança até 160 km/h e tem ocupação para até 18 hóspedes, teria também a capacidade de se dividir ao meio, oferecendo duas opções de destino.

"Palácio nos trilhos" - Reprodução/CNN - Reprodução/CNN
Visão lateral de um vagão do "Palácio nos trilhos"
Imagem: Reprodução/CNN

A ideia, segundo Thierry Gaugain à "CNN Travel", é que o projeto possa funcionar na Europa e nas Américas. A ideia é que o veículo seja comprado por um único proprietário, ou seja, não é um trem público.

"O proprietário que imaginamos é alguém que esteja ciente da singularidade do trem e entenda que não falamos apenas de transporte", disse Thierry.

Viajar não é uma questão de velocidade. É uma questão de aproveitar o tempo, porque o tempo é o único tesouro que temos."

Um dos grandes destaques do veículo é a sua construção feita por meio de um vidro tecnológico, que pode se tornar transparente ou opaco. Se escolhida a segunda opção, os viajantes poderão reproduzir o cenário desejado nas paredes do trem, em vez da paisagem natural da viagem.

"O trem é um palco", explica Gaugain à "CNN". "Você pode mudar a luz, a estação ou o ritmo para mudar sua relação com o tempo."

O projeto do "Palácio nos Trilhos" ainda não foi comprado. Por ser ambicioso, o trem, segundo o designer, levaria uma média de três anos para ser construído e custaria aproximadamente US$ 350 milhões, aproximadamente R$ 1,8 bilhão.