PUBLICIDADE
Topo

"Hotel sobre trilhos" mostra que trens noturnos revivem na Europa

Midnight Trains: start-up francesa terá quartos privativos com design arrojado - Divulgação
Midnight Trains: start-up francesa terá quartos privativos com design arrojado Imagem: Divulgação

De Nossa

23/06/2021 11h16

Enquanto no Brasil andar de trem parece algo démodé, na Europa o transporte sobre trilhos ganha cada vez mais força. Investimentos recentes no setor vão do novo trem-bala a baixo custo à recuperação de vagões do século 20 reformados para atender a novas rotas.

A novidade da vez é um trem-leito com quartos privativos de design arrojado, bar com direito à coquetéis autorais e restaurante de menu sazonal. Com previsão de estreia em 2024, o projeto é da start-up Midnight Trains, que descreve o seu serviço como um "hotel sobre trilhos".

Midnight Trains - Divulgação - Divulgação
Midnight Trains: design arrojado e conforto
Imagem: Divulgação
Midnight Trains - Divulgação - Divulgação
Bar deve oferecer drinques "da casa"
Imagem: Divulgação

Os trajetos devem ligar Paris a doze cidades europeias. Copenhague (Dinamarca), Roma (Itália) e Porto (Portugal) são exemplos.Todas as viagens serão operadas durante a noite.

A proposta é unir o conforto e sustentabilidade. De acordo com a empresa, embarcar no trem de Paris a Roma é 23 vezes menos poluente do que realizar a mesma rota de avião.

Tendência noturna a baixo custo

Estação Gare Du Nord, em Paris: "hotel sobre trilhos" tem quartos individuais e bar - Jerome Rigas/EyeEm/Getty Images - Jerome Rigas/EyeEm/Getty Images
Estação Gare Du Nord, em Paris: "hotel sobre trilhos" tem quartos individuais e bar
Imagem: Jerome Rigas/EyeEm/Getty Images

Alguns anos atrás, os trens-leito eram considerados um modal em extinção, principalmente pela comparação com os trens de alta velocidade e com os voos baratos. A pandemia e a crescente preocupação com mudanças climáticas, no entanto, mudaram esse cenário.

De acordo com o site Lonely Planet, um exemplo é o recente lançamento da empresa ferroviária estatal francesa SNF, que começou a operar um serviço noturno de Paris para Côte d'Azur, no litoral, com passagens a partir de 29 euros e 12 horas de viagem.

As ferrovias estaduais na Alemanha, Áustria e Suíça também anunciaram uma parceria com um fundo de investimento de 605 milhões de dólares para reativar os serviços noturnos.

Entre as novidades bem-sucedidas está a rota que leva passageiros de Praga até a costa croata durante de madrugada. Em suas semanas inaugurais, mais de 30 mil passagens foram vendidas. Alguns trens ficaram totalmente lotados graças às passagens com preços tão baixos quanto 22 euros (uma perna).