PUBLICIDADE
Topo

Mussarela empanada com salgadinho é petisco fácil com gosto de infância

Fritura apresenta crosta firme e queijo derretido - Vini Ferreira
Fritura apresenta crosta firme e queijo derretido Imagem: Vini Ferreira

Gabrielli Menezes

De Nossa

11/11/2020 04h00

Vini Ferreira

Vini Ferreira

QUEM É

O jornalista, que adora cozinhar para os amigos, aprendeu a fotografar e fez dos doces e salgados os seus modelos. No Instagram Cook Terapia, reúne receitas, sempre fáceis, focadas na memória afetiva dos seus seguidores.

Quinze minutos é o tempo necessário para preparar deliciosos e práticos palitinhos de mussarela. Surpreendente, na hora de empanar, o petisco leva salgadinho de milho em vez de farinha de rosca ou da japonesa panko.

O resultado? Crostinha firme e dourada que, ao ser partida, revela no interior o queijo beeem derretido. A receita foi encontrada no Pinterest pelo jornalista Vinicius Ferreira, que adaptou o passo a passo com técnicas aprendidas ao longo de sua trajetória.

Uma chef que está acostumada a fazer eventos me ensinou a retirar a fritura do óleo no momento em que a cor muda e a dar uma abafada com papel toalha por cerca de 5 segundos para formar uma espécie de estufa e derreter queijo por dentro".

Palito de queijo - Vini Ferreira - Vini Ferreira
Salgadinho de milho vai no lugar da panko
Imagem: Vini Ferreira

Confira a receita completa:

Bastão de queijo empanado com salgadinho de milho

Dificuldade Fácil
20 porções
15 min
Ver receita completa

O petisco pode ser combinado a molhos e pastas. Segundo ele, ketchup, guacamole e sour cream são opções interessantes. E para beber? "Vai bem tanto gim, quanto vinho", garante Vinicius.

Palito de queijo - Vini Ferreira - Vini Ferreira
Petisco faz bonito como entradinha de jantar ou almoço
Imagem: Vini Ferreira

Viciado em comprar máquinas de cozinha, o dono da página página CookTerapia diz que os bastões de queijo também se saem bem em fritadeiras elétricas. "Tenho todos os tipos que você pode imaginar. Faço geleia na panela de arroz, bolo na máquina de waffle...".

Os palitinhos se tornaram um clássico nos jantares que ele faz em casa para seus "amigos-cobaias". Para não fazer feio por aí, o anfitrião dá a dica:

"Sugiro que esse seja o último item a colocar na mesa para não murchar. Antes, costumo servir amendoins, queijos e embutidos para as pessoas irem perdendo a timidez de começar a comer".

Paladar infantil, sim. E daí?

O jornalista de moda ganhou experiência com fotografia ao acompanhar e dirigir ensaios editoriais. Há quatro anos, ele decidiu colocar os flashes em prática ao registrar as comidinhas preparadas para receber família e amigos em casa.

Palitinhos de queijo - Vini Ferreira - Vini Ferreira
Fácil de fazer, receita leva 15 minutinhos
Imagem: Vini Ferreira

"Estou envolvido com comida desde pequeno. Na casa da minha avó, em Poços de Caldas (Minas Gearis), meus primos e eu sempre ficávamos responsáveis pelos preparos que não precisavam de fogão, como bater um bolo ou dobrar bolacha".

Cozinhar, para Vinícius, é quase um tratamento para ansiedade. Segundo ele, relaxa, acalma e traz ótimas lembranças, como essa citada acima. É desse sentimento que surgiu a expressão CookTerapia, que dá nome à página onde vão parar suas fotos, compartilhadas com o público junto a suas respectivas receitinhas.

Dono de um paladar infantil assumido, ele diz que ingredientes pomposos e diferentes, como lagosta, passam longe do seu cardápio e, por consequência, do feed do Instagram.

Apesar de saber cozinhar, sou chatinho para comer as coisas. Adoro tranqueira e vou inventando moda."