PUBLICIDADE
Topo

"É o fim da primeira fila nos desfiles", diz Isaac Silva sobre SPFW virtual

Isaac Silva - João Bertolini
Isaac Silva Imagem: João Bertolini

Gustavo Frank

De Nossa

06/11/2020 04h00

Isaac Silva prepara o lançamento da sua mais nova coleção para o dia de encerramento do São Paulo Fashion Week de 2020, edição em que o evento completa seus 25 anos. A apresentação de suas novas peças homenageará a fé de uma filha de Iemanjá, a rainha do mar.

"Jacira, Flores para Iemanjá" é mais do que uma homenagem para a sua tia avó, que faleceu esse ano: é uma história de fé, coragem, bondade e sincretismo religioso. O estilista vai ainda além, fará das roupas um agradecimento a orixá "pelos momentos turbulentos em que estamos vivendo".

"Criar essa coleção foi interessante e difícil, pois eu já tinha uma coleção pronta, mas vou deixá-la para o próximo ano", contou ele em entrevista a Nossa. "Eu já tinha uma ligação muito forte com Iemanjá, mas após perdê-la essa energia ficou em mim".

Vou exaltar Iemanjá e minha tia-avó em uma coleção para falar sobre sentimento e ancestralidade".

O intuito de Isaac busca ser simples e efetivo: criar uma gama de roupas que possam servir a todos e seja sustentável.

"Eu quero passar a mensagem que todos poderão vestir", pontua. "É uma coleção que não tem gênero e é totalmente sustentável, por conta dos tecidos. Afinal, é impossível falar de candomblé sem falar de sustentabilidade. É uma coleção que tem axé: simples, leve e chique. O mundo pede isso: coleções mais brandas, mais leves".

Novo formato na moda e para a vida

Isaac Silva fará homenagem à Iemanjá e sua tia-avó no SPFW: 25 anos - João Bertolini - João Bertolini
Isaac Silva fará homenagem à Iemanjá e sua tia-avó no SPFW: 25 anos
Imagem: João Bertolini

Conhecido por levar seu axé para as passarelas da moda brasileira, o artista encara esse "novo tempo" de confinamento dentro de casa, que surgiu em consequência da pandemia do coronavírus, como um respiro — pessoal e profissional.

"Criar uma coleção faz parte desse processo de saber que estamos vivos, com saúde e temos que continuar trabalhando para não entrar em desespero".

Acho que trabalhar nesse momento, para todo mundo, é como um respiro de vida".

Ao ser questionado sobre o formato digital acolhido pelo São Paulo Fashion Week, Isaac pontua que as apresentações online podem ser um dos chamativos, mas, na sua perspectiva, não o mais importante.

"A inovação está sendo a democratização da moda", esclarece. "É como o fim da primeira fila, que permite a todo mundo assistir aos desfiles e não precisa de um convite para estar presente".

Além da pandemia, 2020 nos reservou outras discussões, as quais o estilista não desvincula de suas obras. O debate sobre racismo é um deles, principalmente após ganhar força mundialmente com manifestações, como o Black Lives Matter.

Acordo entre Pretos na Moda e SPFW determina pelo menos 50% do casting de modelos diverso - Sergio Caddah/ FOTOSITE - Sergio Caddah/ FOTOSITE
Acordo entre Pretos na Moda e SPFW determina pelo menos 50% do casting de modelos diverso
Imagem: Sergio Caddah/ FOTOSITE

"É um ano que possui várias discussões sociais. Acho importante, porque desde que o Laboratório Fantasma não desfilou mais no evento, eu sentia falta de uma marca. Até que eu passei a desfilar na SPFW e é muito gratificante estar incluso nesse grande evento da América Latina", completa.

Por fim, Isaac cita a cota de inclusão, implementada esse ano, que tem entre as suas ações a obrigação de que todo desfile do SPFW tenha 50% do casting composto por pessoas negras, indígenas e asiáticas.

"Nesse ano, a plataforma Pretos na Moda solicitaram um acordo com as agências de modelo, para que os castings sejam diversos. É um momento muito importante para a moda brasileira".

Isaac Silva apresentará sua coleção no dia 8 de novembro às 20h30, antes do estilista Ronaldo Fraga, que encerrará o evento em 2020. A exibição poderá ser vista no canal oficial do SPFW no YouTube e Instagram. O line-up completo você pode conferir aqui.