PUBLICIDADE
Topo

Um casal, 4 crianças, 4 pets, 40 plantas e saga de 9 anos até casa perfeita

Divulgação
Imagem: Divulgação

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

22/10/2020 04h00

"Aqui é um 'posso' de cada vez", ri Marcela Laranjeiras, a Mah, como é conhecida no instagram. Há 9 anos ela está em construção do sobrado em Nova Iguaçu, RJ, e durante muito tempo refletiu sobre a frase ao lado do marido, Diego. "Nosso sonho sempre foi sair do aluguel. Mas se tivéssemos colocado no papel quanto custaria, não faríamos. Não tínhamos um real. Por isso fomos fazendo bem aos poucos."

A história toda daria um livro: Diego foi o primeiro namorado de Mah, mas terminaram. Com o tempo, ela namorou e se casou com outra pessoa, teve duas filhas, Malu e Nina, hoje com 13 e 11 anos e morava numa mansão. O casamento se desfez.

Mah e Diego se reencontraram e resolveram que seria para sempre. Com ele, ela aumentou a família: teve Bento, 4 e Otto, de 6 meses. Somam-se à trupe três cachorros, um gato e ainda 40 plantas.

"Um passo e um 'posso'"

Mah, que havia saído de um casamento infeliz, passou a comemorar cada "posso" que dizia à decoração da casa. E levou ao instagram @casadebamba101 essas comemorações, mostrando as conquistas, as superações e as ideias criativas que tinha para driblar o orçamento curto.

Casa de Bamba | Sala de jantar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Casa de Bamba | Sala de jantar
Imagem: Arquivo Pessoal

"Todo dia eu postava uma foto, muito empolgada. Não era só uma casa se construindo, era a minha vida se refazendo, uma nova família crescendo e as pequenas vitórias sendo comemoradas", conta.

Naquele começo, ela ainda trabalhava como secretária de um médico e pagava uma pessoa para cuidar dos filhos. Nem sabia que o perfil no instagram poderia se tornar uma carreira a seguir - hoje são mais de 340 mil seguidores na página. Mas com o tempo, a demanda aumentou e os filhos não se adaptavam às babás. "Foi quando assumi a profissão."

Viralizou

Uma das ideias que viralizaram foi a parede do quarto dos meninos. "Eu não tinha dinheiro e com três latas pequenas de tinta pintei as montanhas na parede", diz ela.

Otto brincando na sala de estar com cachorro da família - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Otto brincando na sala de estar com cachorro da família
Imagem: Arquivo Pessoal

Outros "faça-você-mesmo" trazem a mesma pegada: criar com menos, organizar e se divertir no processo. Se duvida, dê uma olhada no aparador da sala, feito de blocos de concreto.

Vem desse clima descontraído o nome Casa de bamba - todos da família tocam algum instrumento musical, assim, tudo termina em samba. Mah orquestra tudo com sorriso no rosto e uma vontade enorme de ter um lar lindo, que vibra alegria.

Dicas da Mah Laranjeiras para decorar gastando menos

Parede feita por Marcela no quarto - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Parede feita por Marcela no quarto
Imagem: Arquivo Pessoal
Parte da família na sala de estar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Parte da família na sala de estar
Imagem: Arquivo Pessoal
  • Não compre tudo de uma vez só. Mesmo se você tiver todo o dinheiro para isso, prefira misturar e sentir sua casa antes de decorar. "Meu aparador da sala custou R$ 100 e foi feito com blocos de concreto. É importante olhar para outros materiais, treinar o olhar e eliminar o preconceito com elementos baratos."
  • Criatividade e Faça-você-mesmo. Recorra a técnicas como o estêncil, que dão ótimo efeito gastando pouco. "Decorar é muito mais sobre quanto você está interessado em fazer a mudança do que sobre quanto tem para investir", diz Mah.
  • Vá devagar. "Correndo ou andando, 1 km é 1 km. Não se compare a quem pode pagar de uma vez. Trabalhe com seus 'possos'", aconselha. Um erro grande, segundo ela, é se apressar e comprar uma pia feia só pra ter, enquanto não consegue pagar pela dos sonhos. "Junte e espere para comprar a definitiva, sem fazer gambiarra. O processo de construir ensina a controlar a ansiedade, a ponderar e a saber onde investir".
  • Organização é querer. Antes de conseguir ter o armário da cozinha, Mah precisava organizar e escolheu a despensa para guardar seus utensílios. "Fui orçar prateleiras e as mais baratas eram R$ 1.600. Não dava. Compramos tábuas, mãos-francesas, pintei de preto e usamos serrinha manual. Montamos a despensa toda por 1/5 do preço. Organizei e depois padronizei tudo".
  • Faça a mesa sempre, usando o que tem. Se você quer ter uma casa mais aconchegante e acha que precisa ter louças caras, se engana. "Decoração é um jeito de dizer que a gente ama quem mora com a gente. Use as louças descombinadas que você tem, deixe recadinhos nas xícaras, mas faça a mesa. Se você capricha na casa, as pessoas sentem prazer em voltar para ela."

@s que me inspiram

@apartamento_203

A Nat é uma pessoa de extremo bom gosto e tem uma arquitetura mais refinada. Tanto que foi ela quem fez o projeto do meu terraço. Admiro demais o que ela faz e sempre me puxou muito pra cima no Instagram.

@meuape34

A Ca é uma amiga muito alto-astral e dá um passo de cada vez, com bom humor. É minha referência de decoração mais vida real e sempre me deu a mão nessa vida de influencer. Admiro o que faz na casa dela, o que compartilha de dicas.