PUBLICIDADE
Topo

Killing Eve: como serial killer Villanelle virou ícone fashion da televisão

Jodie Comer interpreta a serial killer fashion Villanelle na série britânica "Killing Eve" - Divulgação
Jodie Comer interpreta a serial killer fashion Villanelle na série britânica "Killing Eve"
Imagem: Divulgação

Gustavo Frank

De Nossa

03/06/2020 04h00

A série britânica "Killing Eve" é um dos maiores sucessos da TV atualmente, guiada pela trama de perseguição entre a agente Eve Polastri e a serial killer Villanelle, inspirada no livro "Codename Villanelle", de Luke Jennings. E a moda tem um papel importante na história.

A personagem interpretada pela atriz Jodie Comer pode envolver os fãs inicialmente por sua história e personalidade fria e brutal, mas seu apego à moda, tão obsessivo quanto aos assassinatos cometidos por ela, cria um dos figurinos mais incríveis da televisão.

Para criar uma personagem, as roupas são imprescindíveis. No caso de Villanelle, o drama carregado pela serial killer é descrito nos seus vestidos, como o cor-de-rosa de Molly Goddard ou o preto de alta-costura de Alexander McQueen, sendo esse último adquirido pelo figurinista da série em um leilão online.

Villanelle - Rosa - Reprodução - Reprodução
Villanelle usando vestido rosa da estilista Molly Goddard
Imagem: Reprodução

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Personagem com vestido do estilista Alexander McQueen
Imagem: Reprodução

Além desses vestidos, a protagonista surge também nas cenas usando peças de marcas de todo o mundo, tais como J.W. Anderson, Chloé, Burberry, Balenciaga, Christian Lacroix e Dries Van Noten.

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Villanelle com vestido da The Vampire's Wife, avaliado em R$ 3 mil
Imagem: Reprodução

A alfaiataria é uma das tendências de moda resgatadas por Villanelle. O uso de ombreiras, que remetem ao high fashion, e diversas estampas, marcam seu estilo ao longo das cenas assinadas por designers da Chloé e Loewe, Isabel Marant e Saint Laurent.

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Blazer da Chloé e camisa da Isabel Marant usadas pela personagem
Imagem: Reprodução

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Terno na cor azul-marinho com as ombreiras marcadas
Imagem: Reprodução

Rompimento dos padrões na moda

Essas roupas celebram também visuais que rompem com os padrões, desde o que é "masculino e feminino dentro da moda", o constraste do high fashion e o fast fashion e a moda casual e social.

VIllanelle - Reprodução - Reprodução
Villanelle com camisa, terno e suéter em cena da segunda temporada da trama
Imagem: Reprodução

São misturados acessórios, como cintos da Gucci e óculos de sol da loja de departamentos H&M, para as combinações que compõem o visual da personagem.

VIllanelle - Reprodução - Reprodução
Villanelle com conjunto vermelho e cinto da Gucci
Imagem: Reprodução

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Óculos da H&M usado pela personagem
Imagem: Reprodução

Até mesmo a camisa de pijama, com tecido de cetim, foi usada pelo figurinista de "Killing Eve" para montar um look que poderíamos facilmente ver nas passarelas.

Villanelle - Reprodução - Reprodução
Villanelle com camisa estilo pijama de Isabel Amarant e brinco do designer francês Christian Lacroix
Imagem: Reprodução

Com o uso de todos esses truques, Villanelle vem se tornando um ícone fashion da televisão atual. No livro, que deu origem à série em sua terceira temporada, a personagem é descrita como vulnerável, cheia de camadas e imprevisível.

Além da atuação de Jodie Comer, são as roupas usadas por ela que refletem seus temperamentos e a sua carga dramática. Grife, luxo e roupas de maior acessibilidade acabaram fazendo com que o guarda-roupa de uma serial killer virasse ambição para os telespectadores.