PUBLICIDADE
Topo

Foz do Iguaçu reabre hotéis e atividades de turismo: o que vai funcionar?

Cataratas do Iguaçu, uma das maiores cachoeiras do mundo, localizada no Paraná - Getty Images/iStockphotos
Cataratas do Iguaçu, uma das maiores cachoeiras do mundo, localizada no Paraná Imagem: Getty Images/iStockphotos

De Nossa

12/05/2020 12h02

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, assinou um decreto que permite a partir de hoje a reabertura de hotéis, bares, restaurantes e atrações turísticas na cidade. A iniciativa foi publicada no Diário Oficial do município e pode ser suspensa a qualquer momento, caso existam situações que coloquem a saúde pública em risco, entre elas, o aumento do número dos casos de infectados pelo coronavírus.

Após cinquenta dias de portas fechadas, os hotéis poderão receber apenas viajantes do público executivo, ou seja, que estão a trabalho, e por "motivos pessoais". Apenas a partir do dia 10 de junho, as reservas para lazer e turismo serão abertas.

Todos os funcionários e os hóspedes deverão usar máscara e os hotéis terão de oferecer álcool em gel nas áreas sociais.

Protocolos

Para a reabertura, os empresários do ramo devem assinar o Termo de Responsabilidade Sanitária, assumindo o compromisso de cumprimento dos protocolos estabelecidos.

Entre os protocolos sanitários comuns estabelecidos para a retomada dos meios de hospedagem estão a obrigatoriedade do uso de máscaras, disponibilização de álcool gel, distanciamento social de dois metros, medição de temperatura e aplicação de questionário aos hóspedes, limpeza constante de objetos e superfícies das áreas de circulação e uso comum, fornecimento de EPI para colaboradores, e a substituição e higienização das capas de proteção de colchões e travesseiros, a cada troca de hóspede, ou rodízio de apartamentos, na impossibilidade da utilização de capas de proteção, dentre outras medidas.

Os hotéis também deverão realizar a busca ativa diária de colaboradores e hóspedes com sintomas compatíveis com a covid-19, além de promover ações internas educativas e encaminhar ao Plantão Coronavírus todos os casos suspeitos.

Atrações

Algumas das atrações turísticas, como o Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as famosas Cataratas, e a Itaipu Binacional permancerão fechados, pois a decisão de abertura ainda depende do governo federal.

O Marco das Três Fronteiras e o Dreamland, onde estão o Museu de Cera, Vale dos Dinossauros, Ice Bar e outras atrações, estão previstos para serem reabertos no dia 10 de junho.

Por fim, os restaurantes, bares e transportes turísticos reabertos deverão fazer uso obrigatório de máscara para todos e a higienização rigorosa dos estabelecimentos e veículos em questão.