PUBLICIDADE
Topo

Airbnb anuncia medidas para reembolso de reservas após surto do coronavírus

Airbnb - Getty Images
Airbnb
Imagem: Getty Images

De Nossa

11/03/2020 10h45

O Airbnb anunciou o programa Reservas Mais Flexíveis para lidar com a emergência causada pelo surto de coronavírus, declarada emergência de saúde pública de interesse internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo a companhia, um conjunto de ferramentas e programas foram desenvolvidos para ajudar anfitriões e hóspedes a lidar com as incertezas sobre a hospedagem, além de atender as necessidades dos clientes, de ambos os lados, de cancelar ou adiar planos de acomodação.

Reconhecimento para anfitriões flexíveis

Serão oferecidos reembolsos por cancelamentos que, de outra forma, estariam sujeitos a cobranças. Com isso, anfitriões terão novas ferramentas para autorizar diretamente reembolsos extras por meio da nossa plataforma.

Além disso, promoções serão realizadas para aumentar a visibilidade dessas acomodações a fim de gerar novas reservas futuramente.

O Airbnb deixará de cobrar ainda a taxa padrão de acomodação de 3% para novas reservas nessas acomodações até 1º de junho de 2020.

Filtros de pesquisa

Os hóspedes que reservaram locações por meio do Airbnb terão acesso a filtros para facilitar a busca e a reserva de acomodações que tenham a política de cancelamento mais adequada (flexível, moderada ou severa), de acordo com suas necessidades e as perspectivas atuais do COVID-19.

Reembolso

Para as reservas feitas até 1º de junho de 2020, se os hóspedes precisarem cancelar a reserva, a taxa de serviço será reembolsada, em dinheiro ou em cupom para ser usado em uma próxima viagem.