PUBLICIDADE
Topo

Marrocos proíbe entrada de viajantes do Brasil e de mais três países

Mosquée de la Koutoubia, em Marrakech - Marco Bottigelli/Getty Images
Mosquée de la Koutoubia, em Marrakech Imagem: Marco Bottigelli/Getty Images

19/01/2021 16h10

O governo de Marrocos proibiu, a partir desta terça-feira "e até novo aviso", o desembarque de aviões ou a entrada de passageiros do Brasil e de mais três países: Austrália, Irlanda e Nova Zelândia.

A medida "preventiva" foi tomada após um caso da nova cepa do coronavírus (variante britânica) que foi detectado ontem no porto de Tanger Med, em um marroquino residente na Irlanda que embarcou em uma balsa na cidade de Marselha.

O passageiro infectado com a nova cepa da Covid-19, segundo o Ministério da Saúde marroquino, foi transferido para Casablanca e colocado em quarentena.

Anteriormente, o governo marroquino já havia proibido a entrada de viajantes do Reino Unido, África do Sul e Dinamarca, após a detecção nesses países desta variante britânica do vírus.

O avanço do vírus é relativamente lento no Marrocos, onde até o momento foram registrados 460.144 casos e 7.977 mortes por Covid-19; nas últimas semanas, o número de óbitos diários é de cerca de 50 em todo o país.