PUBLICIDADE
Topo

Região italiana fará testes rápidos na fronteira com a França

Fronteira para a saíde e a entrada entre a Itália e a França - Jean-Pierre REY/Gamma-Rapho via Getty Images
Fronteira para a saíde e a entrada entre a Itália e a França Imagem: Jean-Pierre REY/Gamma-Rapho via Getty Images

Da ANSA

15/10/2020 11h47

O governador da região italiana do Piemonte, Alberto Cirio, anunciou nesta quinta-feira (15) a implantação de testes rápidos para o novo coronavírus em todas as passagens de fronteira com a França.

A medida chega em meio à escalada dos casos no país vizinho, que registrou mais de 22 mil novos contágios na última quarta (14), o triplo da Itália.

Segundo Cirio, o objetivo é garantir "segurança máxima e absoluta" no Piemonte. A região contabiliza cerca de 40 mil casos do coronavírus Sars-CoV-2, sendo que 499 foram confirmados na última quarta. O Piemonte também tem quase 4,2 mil óbitos.

A piora da situação na França fez o presidente Emmanuel Macron impor toque de recolher em diversas cidades do país a partir do próximo sábado (17), incluindo Paris, Lyon e Marselha. A medida valerá das 21h às 6h do dia seguinte.

Até o momento, a França contabiliza 820 mil casos e 30 mil mortes na pandemia, enquanto a Itália tem aproximadamente 373 mil contágios e 36,3 mil óbitos.