PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Corinthians

O podcast para os torcedores do timão


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

UOL Corinthians #33: Timão se tornou previsível na armação

Do UOL, em São Paulo

19/10/2021 16h00

A derrota por 1 a 0 no clássico para o São Paulo expôs um problema no Corinthians: a previsibilidade na sua armação. No Majestoso desta segunda-feira (17) no Morumbi, o Timão foi apático na criação de jogadas, mesmo tendo em campo jogadores como Renato Augusto, Giuliano e Roger Guedes, e pouco incomodou a defesa do Tricolor.

No podcast UOL Corinthians #33 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Vanderlei Lima e o repórter Yago Rudá analisaram o papel do técnico Sylvinho nestas falhas e como o resultado do Majestoso afeta a equipe para as próximas partidas.

"O São Paulo entrou com sangue no olho e com a faca nos dentes para ganhar o Majestoso. O Corinthians, para jogar mais uma rodada do Brasileiro. O Rogério Ceni colocou o Benítez para marcar o Cantillo e simplesmente matou todo o início de criação de jogadas do Corinthians. Méritos ao Rogério, e o Sylvinho demorou muito tempo para consertar isso. O time não conseguia ter a bola no meio de campo e sair com ela dominada da defesa", analisou Rudá.

A alternativa usada para tentar melhorar as ações ofensivas também se mostrou ineficaz, como mostrou Rudá. "O Corinthians utilizou muito os laterais. Mas Fábio Santos e Du Queiroz não são jogadores de criatividade, de construção. Quando conseguiu ter a bola no campo de ataque, o time foi completamente previsível e sem criatividade. Até os 40 minutos do segundo tempo, quando começou a chuveirar bolas na área do São Paulo, tinha só três finalizações. Ofensivamente, foi uma das piores atuações do Corinthians nessa temporada", opinou o setorista.

Para Rudá, a hipótese de escalar Jô como titular como uma forma de melhorar a qualidade ofensiva do Timão deveria ficar em segundo plano. "Esse time, quando joga com um centroavante fixo, fica completamente desequilibrado. O Corinthians passa a não ter profundidade e a bola praticamente não chega no Jô. O que vimos no Morumbi foi uma tentativa desesperada de buscar o gol nos minutos finais. O Corinthians tem muita dificuldade em jogadas trabalhadas", apontou.

O repórter prevê problemas para Sylvinho resolver este quebra-cabeça, mesmo com bons nomes à disposição. "O Corinthians tem bons jogadores no meio-campo, mas tem muita dificuldade para criar condições. O Sylvinho tem um problemão para consertar, mesmo com Giuliano, Renato Augusto, Roger Guedes. Gustavo Pereira, Gustavo Mosquito. Desde o jogo contra o Fluminense, o Corinthians é um time completamente previsível na construção das jogadas", completou.

Ouça o podcast UOL Corinthians e confira também como está a recuperação de Willian e a projeção para o retorno do meia.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Corinthians, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL