PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Arnaldo Ribeiro: "Saldo de Diniz só será positivo se ganhar um campeonato"

Do UOL, em São Paulo

05/12/2020 04h00

O São Paulo atingiu a liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer na última quinta-feira (3) o Goiás, e ainda terá mais uma partida atrasada a fazer contra o Botafogo, além do jogo com o Sport amanhã, o que pode deixar o time de Fernando Diniz em situação bastante favorável na classificação caso consiga vencer as duas. Mas será que isso já muda o status do técnico com a torcida são-paulina?

No podcast Posse de Bola #79, Arnaldo Ribeiro afirma que não e que apenas a conquista de um título deixará Diniz com o saldo positivo com o torcedor após mais de um ano de trabalho e algumas eliminações que foram marcantes para o torcedor, como no Paulistão e na Libertadores, mesmo que hoje o técnico viva o auge de seu trabalho no São Paulo.

"O saldo dele só será positivo se ele ganhar um campeonato, evidentemente, depois de 15 meses é o melhor momento dele, ele tem vários méritos, os principais nessa situação atual do São Paulo. É verdade também que ele foi corrigindo algumas situações meio óbvias ao longo dos tempos e depois de 15 meses pode ter chegado ao que pode ser próximo ao time ideal", diz Arnaldo.

Mas o jornalista cita uma declaração de Diniz após a vitória sobre o Goiás como um indicativo de que o time aprendeu com as derrotas e isso tem sido importante para a sequência de jogos no Campeonato Brasileiro, no qual perdeu apenas duas vezes em 22 jogos disputados.

"A frase do Diniz é exemplar. Logo depois que assumiu a liderança: 'dores do passado fizeram o time aprender'. Dores do passado, ele está querendo se referir as eliminações do Paulista, fase de grupos da Libertadores, Sul-americana, e ele e o time aprenderam algumas coisas?, diz Arnaldo.

"Pela primeira vez em muito tempo jogaram dois zagueiros zagueiros e um volante volante, jogaram Arboleda, Bruno Alves e Luan, que só jogavam no time que o Diniz pegou lá atrás, há 15 meses, no ano passado. De lá para cá, na parte defensiva sobretudo, ele fez de tudo e deu pouca coisa certa. Agora, com um time que do meio para a frente encontrou dois goleadores e dois meias jovens das categorias de base bons, se ele conseguir cuidar da parte de trás, provavelmente do meio para a frente esses caras podem resolver e tudo mais", completa.

Arnaldo acredita que aos poucos Fernando Diniz e o elenco do São Paulo vão entendendo que podem ficar marcados na história do clube caso consigam tirar o time do jejum de títulos, tendo em disputa a Copa do Brasil, que o Tricolor nunca venceu, e o Brasileirão, cujo último título foi em 2008.

"Vai completar agora 12 anos do último brasileiro, muita gente nem considera a conquista da Sul-Americana, eu discordo, acho que a Sul-Americana vale, mas não é dos principais títulos, e se o São Paulo consegue sair da fila via Brasileiro ou via Copa do Brasil, é uma coisa, um feito absurdo, esses caras aí, se eles conseguirem tirar o São Paulo da fila, o Diniz, o Daniel Alves e a turma toda, via Brasileiro ou via Copa do Brasil, os caras vão virar heróis", diz o jornalista.

"É tipo a turma do Basílio [no Corinthians] de 1977, é tipo a turma do Evair e o Luxemburgo [no Palmeiras] de 1993, os caras não têm a dimensão, ou melhor, eles têm agora a dimensão do que pode acontecer caso os caras tirem o São Paulo da fila mais incômoda de títulos que ele tem na história via dois torneios muito grandes, a Copa do Brasil e o Brasileirão", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol