PUBLICIDADE
Topo

Olimpíadas

Anéis Olímpicos voltam à Baía de Tóquio após manutenção de quatro meses

Monumento tem 15,3 metros de altura e 32,6 metros de comprimento - Issei Kato/Reuters
Monumento tem 15,3 metros de altura e 32,6 metros de comprimento Imagem: Issei Kato/Reuters

Jack Tarrant

01/12/2020 10h09

O monumento dos Anéis Olímpicos foi reinstalado na Baía de Tóquio hoje, depois de ser retirado em agosto para passar por uma manutenção, agora que os organizadores estão acelerando os preparativos para os Jogos adiados para o ano que vem.

A volta do monumento, que tem 15,3 metros de altura e 32,6 metros de comprimento e foi instalado inicialmente em janeiro, deveria enviar a mensagem de que a Olimpíada está chegando, disse o diretor de planejamento do governo metropolitano de Tóquio, Atsushi Yanashimizu, à Reuters.

"Já que o símbolo está aqui, queremos que os moradores de Tóquio, e também internacionalmente, sintam que os Jogos estão chegando em breve", disse Yanashimizu.

"Também queremos que todos sintam que com certeza teremos os Jogos de Tóquio 2020 no ano que vem."

O monumento, que foi aceso no final desta terça-feira (horário local), continuará próximo da Ponte Arco-Íris até o final da Olimpíada, em agosto, e depois será substituído pelo logotipo da Paralimpíada.

A Olimpíada foi adiada em um ano em março por causa da pandemia do novo coronavírus, e os organizadores ainda não disseram quanto o adiamento custará —mas na segunda-feira, a Kyodo News noticiou que os organizadores estimaram que as medidas para o combate à covid-19 na Olimpíada ficarão em torno de 960 milhões de dólares (R$ 5,1 bilhões)

Olimpíadas