PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Valentina Shevchenko sinaliza com disputa do cinturão dos galos ainda em 2022

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/05/2022 14h40

Valentina Shevchenko

Valentina Shevchenko terá em junho a missão de defender mais uma vez o cinturão dos moscas do UFC diante da brasileira Taila Santos, em Singapura. Mas a quirguistanesa já pensa em voos bem mais altos para realizar ainda em 2022.

A ‘Bullet’ deu entrevista ao programa ‘The MMAHour’ e afirmou que planeja subir novamente para o peso-galo até o final do ano, com o desejo de lutar pelo cinturão da categoria, contra quem vencer da revanche entre Julianna Peña e Amanda Nunes, em julho, no UFC 277.

– Acho que sim (sobre subir de divisão) Há sempre a chance. Quanto maior a luta melhor – declarou Valentina.

LEIA TAMBÉM

+ Holly Holm detona juízes após derrota para Ketlen Vieira no UFC Vegas 55

A lutadora do Quirguistão já tem uma história na categoria feminina dos galos, pela qual iniciou sua trajetória no Ultimate antes de descer de divisão. E especialmente contra a ‘Leoa’, adversária de duas lutas bastante disputadas e até hoje contestadas pela ‘Bullet’. Em especial a revanche, no UFC 215, na qual Shevchenko sempre afirma ter vencido quando é perguntada.

Por conta desta rivalidade, Valentina Shevchenko se sentiu à vontade para falar de sua antiga rival, até para dar uma opinião ‘polêmica’ sobre a derrota desta para Peña em dezembro. Para a quirguistanesa, o resultado do combate não a surpreendeu, ao contrário do que opinou a maioria.

– Digo que não fiquei chocada. Claro que foi surpreendente, mas a Amanda não estava na mesma forma em que está em suas lutas. Por exemplo, o olhar dela quando nos enfrentamos era diferente e tudo era diferente. Contra a Julianna, parece que ela relaxou. Não sei como ela se preparou, mas ela estava muito diferente – afirmou

Valentina também encarou a atual campeã dos galos no passado, tendo vencido a luta por finalização. No entanto, dependendo do resultado, pode nem ser que a ‘Bullet’ lute pelo título, se o UFC preferir dar a Ketlen Vieira o ‘title shot’, após o triunfo desta sobre Holly Holm no último final de semana,

Futebol