PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atuações ENM: Ferreira é solução ofensiva em empate do Grêmio; Veja as notas

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

05/12/2021 20h37

O Grêmio empatou com o Corinthians pelo placar de 1 a 1, hoje (05), no estádio Neo Química Arena, São Paulo, em partida válida pela trigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o tricolor gaúcho se mantém na décima oitava posição da tabela com 40 pontos. O destaque da partida pelo time gremista foi o Ferreira, que deu a assistência para o gol do Imortal.

O Grêmio teve um bom começo de jogo, pressionou o Corinthians, que estava em campo para derrubar o time gaúcho. O tricolor criou chances de marcar, Ferreira incomodou a defesa do Coringão e o Imortal foi melhor no primeiro tempo da partida. Aos 39 minutos, Ferreira fez jogada individual na ponta, cruzou da linha de fundo, Diego Souza dominou no peito dentro da área, e deu um carrinho na bola para marcar o gol.

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

O segundo tempo continuou bastante movimentado, o Grêmio escolheu recuar suas linhas e desistiu da pressão e do controle da partida, então o Corinthians passou a criar jogadas perigosas e avançar mais. Aos 40 minutos da segunda etapa, Villasanti não marca Renato Augusto na frente da área, o jogador alvinegro bate de fora e faz um golaço, a bola vai na coruja, beija a trave e entra. Fim de jogo: Corinthians 1×1 Grêmio.

Com o resultado, o Grêmio precisa vencer o jogo contra o Galo em Porto Alegre e depender de resultados negativos de Cuiabá, Bahia e Juventude, pois são adversários diretos do tricolor no campeonato e já tem 43 pontos na tabela, ou seja, o máximo que o Imortal pode alcançar na temporada.

VEJA AS NOTAS

G. Grando - 5,5
Rafinha - 5,0
Diogo - 4,0
Kannemann - 6,0
Geromel - 6,5
Thiago Santos - 5,5
Lucas Silva - 5,0
Campaz - 4,5
Ferreira - 6,5
Diego Souza - 6,5
 Jhonata Robert - 5,0
 Sarará - 5,0
 Ruan - 5,5
 Villasanti - 4,0

Borja - 4,5

Vanderson - 5,0

Futebol