PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Lyoto Machida cogita volta ao peso-médio para realizar trilogia com Mousasi

Lyoto Machida atualmente luta no Bellator - Alex Trautwig/Getty Images
Lyoto Machida atualmente luta no Bellator Imagem: Alex Trautwig/Getty Images

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

27/04/2021 06h00

No UFC, Lyoto Machida teve uma passagem marcante, se tornou campeão dos meio-pesados (93 kg) e marcou época com seu estilo diferenciado tanto dentro, quanto fora do octógono. Contudo, no Bellator, o brasileiro de 42 anos ainda busca se firmar. Na 'nova casa', o veterano disputou cinco combates, venceu dois, perdeu três vezes, e, mesmo em má fase, garantiu que seu objetivo é conquistar o título.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, Lyoto revelou que pode trocar os meio-pesados pelo peso-médio (84 kg) já em sua próxima aparição no Bellator e até mencionou o adversário ideal. O brasileiro expressou o interesse em lutar contra Gegard Mousasi e explicou que a trilogia faz sentido para a carreira de ambos e também para os rumos da categoria.

Os veteranos já se enfrentaram duas vezes. Na primeira luta, realizada em 2014, no UFC, Lyoto venceu por decisão unânime e, na sequência, disputou o cinturão do peso-médio. A revanche entre os atletas aconteceu em 2019, pelo Bellator, e Mousassi triunfou por decisão dividida. Como 'The Dreamcatcher' possui o título da divisão, o brasileiro indicou que esta é a oportunidade ideal para encerrar a rivalidade e voltar a liderar uma categoria.

"Quero lutar nos médios, que é a minha categoria. Acredito que esse é o meu peso. Gostaria de fazer uma trilogia com o Mousasi. Dominei na primeira, na segunda foi equivalente, uma luta mais parada e poderia ir para qualquer lado. A terceira luta tem tudo a ver, o Mousasi é campeão, mas não vejo adversários para ele no momento. Acho que eu seria o sapato ideal para ele nos médios agora", declarou Lyoto.

Assim como no UFC, a trajetória de 'The Dragon' no Bellator também alterna lutas no peso-médio e no meio-pesado. Em sua última aparição, realizada em abril, o brasileiro foi derrotado por Ryan Bader na abertura do GP dos 93 kg. Inclusive, a experiência no cage contra um oponente mais forte e o resultado adverso foram determinantes para Lyoto cogitar o retorno para os 84 kg. Vale lembrar que, em 2012, o veterano nocauteou o americano, mas foi dominado pelo mesmo na revanche.

"Fiz um ótimo camp. Me preparei bem para essa luta, mas um vai ganhar e o outro vai perder. Minha estratégia estava dando certo. É fácil falar, mas fazer é diferente. Quando pintou a oportunidade de lutar no GP, olhei como um desafio e queria me testar. Queria me ver no meio dessa galera forte, foi assim que encarei o GP", explicou Lyoto, antes de completar.

"No MMA, essa diferença de força dá uma certa vantagem. Senti a diferença de peso, de força. Fiz cinco rounds, foi difícil, mas mantive a calma. Bader é altamente profissional, muito bom, técnico, campeão", concluiu.

Aos 42 anos, Lyoto Machida é um dos lutadores mais queridos entre os fãs de MMA. Em sua carreira, o brasileiro ficou conhecido pelo respeito aos adversários e por sua disciplina no esporte. Seus triunfos de maior destaque na modalidade foram diante de BJ Penn, Chael Sonnen, Dan Henderson, Gegard Mousasi, Maurício 'Shogun', Randy Couture, Rashad Evans, Rich Franklin, Ryan Bader, Tito Ortiz e Vitor Belfort.

MMA