PUBLICIDADE
Topo

MMA


UFC Rio Rancho: luta principal pode definir último desafiante de Jon Jones

Corey Anderson (direita) em luta contra Johnny Walker no UFC 244 - Steven Ryan/Getty Images/AFP
Corey Anderson (direita) em luta contra Johnny Walker no UFC 244 Imagem: Steven Ryan/Getty Images/AFP

Ag. Fight

15/02/2020 06h00

Ainda não se sabe ao certo quais são os planos de Jon Jones para o futuro. No entanto, caso o campeão meio-pesado (93 kg) opte em adiar sua subida aos pesos-pesados e por permanecer em sua divisão de origem por enquanto, o próximo adversário a cruzar o seu caminho provavelmente sairá do vencedor da luta principal do UFC Rio Rancho deste sábado (15). Corey Anderson e Jan Blachowicz duelam pela possível credencial de último desafiante ao reinado de 'Bones'.

Corey e Blachowicz são os únicos meio-pesados bem ranqueados e em condições de se tornarem desafiantes que Jones ainda não enfrentou nos octógonos. Desta forma, o fator 'novidade' pode pesar a favor do vencedor do confronto entre o wrestler americano e o striker polonês e, consequentemente, credenciá-lo a uma disputa de cinturão em seguida contra 'Bones'.

Anderson ocupa a quinta colocação do ranking oficial do Ultimate atualmente e vem embalado por quatro vitórias consecutivas na companhia. Já Blachowicz é o sexto lugar na listagem dos meio-pesados e detém um histórico recente de seis vitórias nos últimos sete confrontos. O polonês ainda chega com motivação a mais para o duelo, a fim de 'vingar' sua derrota sofrida para Corey já no UFC, em 2015.

Já no 'co-main event' da noite, o que se espera do embate é o espetáculo. Afinal de contas, os meio-médios (77 kg) Diego Sanchez e Michel Pereira entrarão em rota de colisão. O veterano americano, reconhecido por sua raça e ímpeto incessante dentro do octógono, já protagonizou grandes momentos no Ultimate. E o 'brasileiro acrobata', apesar de ainda recém-chegado ao UFC, já encanta os fãs do esporte com seus golpes pouco convencionais e estilo imprevisível.

Além de Michel, outros dois brasileiros entram em ação no UFC Rio Rancho: os pesos-moscas (57 kg) Raulian Paiva e Rogerio Bontorin, que enfrentam, respectivamente, Mark De La Rosa e Ray Borg - este último ultrapassou o limite de peso da categoria durante as pesagens oficiais do evento e, desta forma, perdeu 30% de sua bolsa para seu rival, Bontorin.

MMA