PUBLICIDADE
Topo

MMA


Jon Jones rebate Adesanya sobre adiar possível luta: "Está com medo"

O lutador de MMA, Jon Jones - Reprodução
O lutador de MMA, Jon Jones Imagem: Reprodução

Ag. Fight

04/02/2020 10h44

Na sua carreira, Jon Jones tem colecionado desafetos. Se antes era Daniel Cormier que trocava alfinetadas com o campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, agora esse posto foi assumido por Israel Adesanya. O campeão peso-médio (84 kg) nunca perde uma oportunidade de provocar o americano, mas dessa vez foi obrigado a escutar. Questionado sobre uma possível luta contra o nigeriano, 'Bones' não deixou de ironizar seu rival.

Em entrevista ao site 'MMA Fighting', o detentor do título afirmou que vê um discurso de medo em Adesanya, já que este admitiu que vai precisar de alguns anos para poder realizar essa luta, descartando, por ora, um confronto neste ano e mirando essa disputa para 2021. Para o americano, quanto mais tempo ele tiver, melhor estará preparado e evoluído.

"Ele está assustado. É só isso. Quando ele diz que você tem que respeitar o jogo ou o jogo vai humilhar você, ele está falando sobre não lutar comigo agora porque ele está com medo. Quando você deixa um lutador como eu saber que não está preparado para lutar comigo hoje e deseja ter mais um ano para se preparar e tudo mais, isso me permite saber seu estado mental. É tudo o que preciso saber", disse o americano, completando.

"Se ele sente que não está preparado para o desafio agora, se ele honestamente acha que eu vou ser de alguma forma uma versão mais fraca no próximo ano, ele está muito enganado. Só agora estou descobrindo maneiras diferentes de cura, recuperação e todas essas coisas. Meus companheiros de equipe estão ficando mais fortes. Eu sou apenas uma faixa-roxa no jiu-jitsu. Se ele acha que estou ficando mais lento e mais fraco, ele está bastante enganado. Ele está assustado hoje. Ele deixou isso muito claro para o público. Nada vai mudar no próximo ano", finalizou o campeão dos meio-pesados.

Neste sábado (8), Jon Jones busca manter sua coroa dos meio-pesados em duelo contra Dominick Reyes, na luta principal do UFC 247. Já Israel Adesanya enfrenta Yoel Romero, em sua primeira defesa de cinturão dos médios, no UFC 248, no dia 7 de março.

MMA