PUBLICIDADE
Topo

MMA


Treta! McGregor defende Cerrone e exige que jornalista 'peça desculpas'

Conor McGregor venceu Donald "Cowboy" Cerrone por nocaute técnico em 40 segundos - Getty Images
Conor McGregor venceu Donald 'Cowboy' Cerrone por nocaute técnico em 40 segundos Imagem: Getty Images

Ag. Fight

27/01/2020 07h00

Envolvido indiretamente na polêmica envolvendo Joe Rogan e Stephen A. Smith após o UFC 246, realizado no dia 18 de janeiro, Conor McGregor se posicionou sobre o assunto.

O irlandês aproveitou a publicação na qual o jornalista da 'ESPN' responde às críticas do comentarista do Ultimate para discordar da análise feita por Smith e sugerir que ele se desculpasse com Donald 'Cowboy' Cerrone.

Um dos principais nomes da 'ESPN', Stephen A. Smith foi escalado pela emissora americana para participar no pós-show do UFC 246 e comentar sobre o duelo entre Conor e 'Cowboy', apesar de não ser um especialista no assunto.

Ao comentar o triunfo de McGregor, que precisou de apenas 40 segundos para superar o rival, o jornalista fez duras críticas a, suposta, passividade com que Cerrone aceitou a derrota.

Em seu podcast, Joe Rogan questionou a escolha da 'ESPN' ao escalar Smith para comentar sobre MMA, mesmo sem ter um profundo conhecimento sobre a modalidade.

O analista esportivo rebateu com um vídeo em seu 'Twitter', no qual desafia Rogan para uma conversa sobre esportes pessoalmente. E o posicionamento de McGregor também não passou batido por Stephen, que também fez questão de responder ao ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC.

"O ponto que você faz aqui está certo. Eu não mostrei o bastante. Não sou pago pela hora, no entanto. Os comentários do Joe (Rogan), por outro lado, vêm de você dizer que o meu oponente desistiu. Nariz quebrado e (fratura) no osso orbital (sofridas por Cerrone) falam o contrário. Lutar é cruel. Aqueles que se dispõem a isso merecem respeito completo! Peça desculpas", escreveu Conor McGregor.

"Senhor, muito respeito para o grande Conor McGregor. Minha memória sobre o que eu disse é: 'É isso que pareceu'. Cowboy Cerrone é um lutador que ronda o top 10. Muito respeito por ele pela longa carreira que ele teve. Mas eu não acho que é injusto dizer que era esperado mais de 40 segundos de um cara tão duro como ele. Também não acho que seja errado presumir que de jeito nenhum uma luta entre você e Nurmagomedov ou Masvidal duraria 40 segundos. Nós esperávamos mais do que recebemos. Mas para saber quão Cowboy é, muitos fãs, como eu, esperávamos mais e eu não acho que Joe Rogan esteja certo em questionar meu conhecimento sobre luta apenas porque eu não fiquei satisfeito com o que vi. Eu disse o que disse e eu mantenho. É possível fazer isso e continuar tendo tremendo respeito por você e por Joe Rogan. Mas nós claramente discordamos sobre a performance de Cowboy no dia 18 de janeiro", rebateu Stephen A. Smith.

Após ficar afastado do Ultimate por mais de um ano, Conor McGregor fez seu retorno aos octógonos na luta principal do UFC 246, realizado no dia 18 de janeiro, em Las Vegas (EUA). O irlandês precisou de apenas 40 segundos para superar Donald Cerrone por nocaute técnico após uma sequência devastadora de golpes variados.

MMA