Topo

MMA


Dana diminui entusiasmo chinês e evita comparar Zhang Weili a Ronda

Zhang Weili da China comemora ao nocautear Jessica Andrade no UFC - Getty Images
Zhang Weili da China comemora ao nocautear Jessica Andrade no UFC Imagem: Getty Images

Ag. Fight

02/09/2019 08h00

Com a vitória avassaladora sobre Jéssica 'Bate-Estaca' no último sábado (31), Zhang Weili conquistou mais do que o cinturão peso-palha (52 kg) do Ultimate. A chinesa, que se tornou a primeira atleta de seu país a ganhar um título da organização, garantiu também o posto de principal estrela asiática na busca da entidade em popularizar sua marca no mercado oriental. A empolgação de seus compatriotas com a ascensão da lutadora é tamanha, que alguns jornalistas presentes no UFC China já a comparavam com Ronda Rousey, entusiasmo esse que foi contido por Dana White, presidente da liga.

Após a recente conquista, Zhang tem a missão de ser a principal responsável por liderar o projeto de consolidação do Ultimate no país asiático, similar ao trabalho desenvolvido pela americana quando a organização incluiu o MMA feminino em suas atividades. Na entrevista coletiva após o UFC China, entusiasmados repórteres locais questionaram Dana White, presidente da entidade, se a chinesa poderia ser considerada a nova Ronda Rousey. Cuidadoso com suas palavras, o cartola elogiou a nova campeã, mas afirmou que ainda é muito cedo para fazer qualquer comparação com a ex-campeã peso-galo (61 kg) e um dos principais nomes do MMA feminino na história.

"A performance de Weili foi tão boa (...) que ela se tornou uma estrela global, não apenas na China. Ela ainda é muito jovem e nova em sua carreira. Vamos ver o que a aguarda, mas ela teve um bom início", declarou o dirigente.

Com o resultado obtido sobre 'Bate-Estaca', Zhang Weili ampliou para 20 vitórias consecutivas sua sequência positiva. A única derrota da campeã aconteceu em sua estreia no MMA profissional contra Meng Bo em novembro de 2013. De acordo com Dana White, a primeira defesa de cinturão da chinesa deve acontecer em território norte-americano.

Mais MMA