Topo

Esporte


Cerrone é suspenso indefinidamente após sofrer nocaute contra Ferguson no UFC 238

Ag. Fight

17/06/2019 18h53

Donald Cerrone pode até garantir que não quebrou nenhum osso, mas vai ter que provar isso à Divisão de Boxe do Departamento de Finanças e Regulamentação Profissional de Illinois. Isso porque, segundo o relatório de suspensões médicas do UFC 238, 'Cowboy' só será liberado para voltar a lutar se mostrar, com tomografia computadorizada e ressonância magnética, que não sofreu danos graves em sua derrota por nocaute técnico para Tony Ferguson.

A relação de suspensões foi publicada pelo site 'MMA Junkie', que obteve a informação com um funcionário que não quis se identificar. A reguladora dos combates no estado americano do Illinois não divulgou oficialmente o documento.

Além de Cerrone, Jessica Eye também tem uma suspensão longa pela frente. Ela precisa ficar 90 dias sem contato físico, além de mais 30 até voltar a lutar. Como foi nocauteada brutalmente por Valentina Shevchenko, exigiu-se uma tomografia computadorizada antes de sua liberação.

Pedro Munhoz recebeu uma suspensão de apenas 45 dias, mas a lista de possíveis lesões chamou a atenção. De acordo com a relação do Departamento do Illinois, o brasileiro - que foi derrotado por Aljamain Sterling - precisa ser examinado no pé direito, nos dois antebraços, nos tornozelos e na perna.

Confira a lista completa de suspensões médicas do UFC 238:

Henry Cejudo: 60 dias, 45 deles sem contato; precisa de liberação médica
Marlon Moraes: 90 dias, 60 deles sem contato; precisa de liberação médica
Tony Ferguson: 60 dias, 45 deles sem contato
Donald Cerrone: Suspenso indefinidamente. Precisa de tomografia computadorizada dos ossos faciais e de uma ressonância magnética da cabeça para liberação médica
Jessica Eye: 120 dias, com 90 deles sem contato; precisa de uma tomografia computadorizada para liberação médica
Petr Yan: 60 dias, 45 deles sem contato
Jimmie Rivera: 60 dias, 45 deles sem contato
Blagoy Ivanov: 60 dias, 45 deles sem contato; precisa de um Raio-X da parte de baixo da perna direita para liberação médica
Tai Tuivasa: 60 dias, 45 deles sem contato
Tatiana Suarez: 45 dias, 30 deles sem contato; precisa de uma ressonância magnética do pescoço para liberação médica
Aljamain Sterling: 45 dias, 30 deles sem contato; precisa de Raio-x da parte de baixo da perna
Pedro Munhoz: 45 dias, 30 deles sem contato; precisa de Raio-x do pé direito, dos antebraços direito e esquerdo, dos tornozelos e da parte inferior da perna
Karolina Kowalkiewicz: 45 dias, 30 deles sem contato
Ricardo Lamas: Suspended 90 dias, 60 deles sem contato; precisa de exame neurológico e liberação médica do queixo fraturado
Xiaonan Yan: 60 dias, 45 deles sem contato; precisa de Raio-x do pé direito, dedo da mão e liberação de ortopedista
Grigory Popov: 60 dias, 45 deles sem contato; precisa de liberação médica por corte no rosto e exame neurológico
Joanne Calderwood: Precisa de liberação médica por corte no rosto

Esporte