PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Para atrair o público, UFC Polônia aposta em renomados x desconhecidos

Donald Cerrone celebra após derrotar Rick Story no UFC 202 - Steve Marcus/Getty Images
Donald Cerrone celebra após derrotar Rick Story no UFC 202 Imagem: Steve Marcus/Getty Images

Ag. Fight

21/10/2017 06h00

 

Em um card de pouca repercussão, o UFC Polônia será realizado neste sábado (21) com direito a dois ex-desafiantes ao cinturão no card. Donald Cerrone, ex peso-leve (70 kg), que encara Darren Till entre os meio-médios (77 kg), e Karolina Kowalkiewicz, que duela com Jodie Esquibel, são os grandes nomes em ação e responsáveis por garantirem a procura dos fãs.

Se a fórmula dará certo ainda não se sabe, mas o fato é que o risco está lançado para ambos renomados atletas. Veterano e um dos lutadores com o maior número de vitórias na história do UFC, Cerrone terá pela frente o jovem e pouco conhecido Till, que treina no Brasil e fará seu primeiro main event na organização.

Especialista em trocação, o invicto britânico terá que deixar de lado o retrospecto de 'pouco gás' justamente contra um veterano que costuma começar devagar e crescer ao longo da disputa. E, para isso, ele prometeu que vai priorizar a luta em pé, que também é o ponto forte do oponente. Ou seja, a promessa é de grande luta.

Atmosfera um tanto semelhante criada para o confronto entre a dona da casa Karolina Kowalkiewicz, que duela com a boxeadora Jodie Esquibel. Dona de kickboxing afiado, Karol, que já disputou o título dos palhas (52 kg), dará às boas vindas logo no co main event à estreante no UFC, que ainda não mostrou no MMA a habilidade lapidada nos ringues. Ao menos no papel, as duas lutas principais da noite prometem.

Além deles, os brasileiros em busca de redenção Warlley Alves e Felipe 'Sertanejo' Arantes encaram Salim Touahri e Josh Emmett no card preliminar.

MMA