PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Apesar do doping, Anthony Johnson ressalta méritos de Jon Jones

Josh Hedges/Zuffa LLC
Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ag. Fight

24/08/2017 15h50

 

Após o anúncio de que Jon Jones falhou no exame antidoping durante o período de sua luta contra Daniel Cormier, questionamentos sobre a legitimidade do norte-americano como verdadeiro campeão dos meio-pesados (93 kg) começaram a surgir. E enquanto grandes nomes do esporte trataram de detonar o atleta - como fez o peso-pesado Mark Hunt -, Anthony Johnson fez questão de ressaltar os méritos de ‘Bones’ em sua vitória na revanche contra DC.

Através de sua conta no Facebook, o ex-atleta do UFC que anunciou sua aposentadoria precoce do esporte no último mês de abril não escondeu a insatisfação com a reincidência de Jones em outro caso de doping, mas também aproveitou para ressaltar que, na sua opinião, o suposto uso de substância proibida não tem relação direta com o resultado final da luta com Cormier. Isso porque, de acordo com ‘Rumble’, o diferencial na vitória de Bones foi a sua inteligência.

“Tenho sido perguntado incessantemente sobre a situação do Jon Jones, e irei falar sobre isso. Aprendi com os meus erros quando fui cortado do UFC pela primeira vez. Não posso falar sobre se algum dia ele irá aprender, mas falando sobre as lutas, esteroides o farão ficar maior, rápido e mais forte, mas não mais inteligente. Jon Jones trapaceou, mas sua inteligência estava afiada. Ele preparou o chute na cabeça do DC através dos chutes na perna e na costela. Pensem sobre isso por um segundo”, analisou o ex-desafiante ao cinturão meio-pesado do Ultimate.

A notícia de que Jon Jones havia falhado no exame antidoping foi anunciada na última terça-feira (22) e confirmada posteriormente pelo UFC. Em uma medida momentânea adotada pela USADA até o julgamento do caso, o campeão meio-pesado do Ultimate ficará temporariamente afastado do esporte. E caso as suspeitas de que ‘Bones’ realmente tenha usado substâncias proibidas sejam confirmadas, ele perderá seu cinturão e poderá pegar gancho de até quatro anos do esporte.

MMA