PUBLICIDADE
Topo

Campeonato Italiano voltará quando 'as condições de saúde permitirem'

Cristiano Ronaldo durante partida da Juventus contra a Sampdoria, pelo Campeonato Italiano - Marco Bertorello/AFP
Cristiano Ronaldo durante partida da Juventus contra a Sampdoria, pelo Campeonato Italiano Imagem: Marco Bertorello/AFP

03/04/2020 20h36

Os dirigentes da Serie A italiana disseram hoje que persistem as dúvidas sobre quando o futebol poderá retornar no momento em que a Itália enfrenta a pandemia de coronavírus.

Todo o esporte italiano está suspenso até pelo menos 13 de abril como resultado da Covid-19, que matou quase 15.000 pessoas no país.

Uma reunião entre dirigentes de alto escalão da Serie A e representantes do sindicato dos jogadores italianos (AIC) foi realizada por videoconferência nesta sexta para discutir uma possível data para o retorno e possíveis cortes nos salários dos jogadores.

Nenhuma decisão foi tomada sobre cortes salariais, e a liga disse que a competição retornaria quando o país estivesse pronto.

"A Serie A considerará a retomada da atividade esportiva quando as condições de saúde permitirem seguir, como sempre fez, decretos governamentais e levar em consideração primeiramente a proteção da saúde dos atletas e de todos os envolvidos", afirmou a entidade em um comunicado.

"A Serie A, junto com representantes de clubes, continuará a analisar o impacto e as consequências da COVID-19 nos próximos dias".

O presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), Gabriele Gravina, deixou claro que sua prioridade é a conclusão do Campeonato Italiano e disse durante a semana que a ideia atual é "começar a partir de 20 de maio ou início de junho e terminar em julho".

Doze jogadores da Serie A testaram positivo para Covid-19. O zagueiro da Juventus Daniele Rugani foi o primeiro jogador de alto escalão a ser diagnosticado no dia 11 de março.

Esporte