PUBLICIDADE
Topo

Adiamento dos Jogos exigirá sacrifícios de todas as partes, afirma COI

Homem com máscara de proteção passa pelo logo da Olimpíada de Tóquio - ISSEI KATO
Homem com máscara de proteção passa pelo logo da Olimpíada de Tóquio Imagem: ISSEI KATO

Da AFP, em Lausana

25/03/2020 08h04

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, declarou nesta quarta-feira que o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 para 2021 exigirá "sacrifícios e compromissos de todas as partes" (organizadores, COI, federações internacionais, atletas...).

Em uma entrevista coletiva por telefone, Bach também anunciou a criação de uma "força tarefa" para avaliar as diversas consequências do adiamento dos Jogos Olímpicos, algo inédito em tempos de paz desde a primeira edição dos Jogos da era moderna em 1896.

Olimpíadas