PUBLICIDADE
Topo

Paparazzi

Rosamaria diz que odiava sua altura e preferiu seguir no vôlei a ser modelo

Rosamaria Montibeller, atleta da seleção brasileira de vôlei - Reprodução/Instagram
Rosamaria Montibeller, atleta da seleção brasileira de vôlei Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

10/05/2022 12h37

A ponteira Rosamaria Montibeller não gostava dos seus 1,85m quando era mais nova. Em entrevista à 'Marie Claire', a atleta de 27 anos da seleção brasileira de vôlei revelou que odiava sua altura quando estava na adolescência. Sucesso também fora das quadras, ela ainda contou que escolheu o esporte em vez de atuar como modelo.

"Já nasci um bebê bem grande, mas lembro bem de odiar a altura que eu tinha", introduziu, à revista. "Eu odiava ser a mais alta da turma, todo mundo me zoava, era sempre a última. Além disso, era difícil para arrumar roupa, sapato", recordou sobre os sentimentos antigos.

"Nesse período de adolescência, entre os 14 e 16 anos, é quando queremos nos encaixar em algum grupo e ser padrão. E eu era muito diferente das minhas amigas", acrescentou Rosamaria. No entanto, sua altura a ajudou a seguir carreira no vôlei, esporte que ela começou a praticar aos 8 anos.

"Se eu não tivesse entrado para o mundo do esporte, teria sentido ainda mais dificuldade de me ver bonita". A atleta ainda teve a oportunidade de trilhar o caminho das passarelas quando passou em testes de modelo aos dez e aos 12 anos, mas já estava "muito envolvida com o vôlei" para mudar sua escolha.

"Sinceramente, eu fiquei com medo de arriscar. Meus pais me deram total liberdade para que eu escolhesse o que gostaria de fazer. Não me arrependo, mas hoje em dia sinto essa vontade de trabalhar nesse ramo", confessou.

Futuro como empresária

Além da quadra, Rosamaria Montibeller também vai se aventurar como empresária. Ela está para lançar sua marca de moda, joias e beleza no segundo semestre deste ano. A atleta quer focar em produtos que ela já está acostumada a utilizar e investir no beachwear, a famosa 'moda praia'.

"Não começamos ainda a coleção, mas quero estar presente, até porque adoraria colocar tudo o que aprendi nos países que já conheci dentro do trabalho, trazer um mix cultural que com certeza é muito enriquecedor", afirmou, à 'Marie Claire'.

"Essa marca vai trazer muito da minha personalidade e do que eu quero passar sobre a Rosamaria fora das quadras. Seja com um biquíni ou com skincare, eu quero representar algo. Quero que todas as pessoas se sintam bonitas", finalizou Rosamaria.

Paparazzi