PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bicicletas da seleção italiana são furtadas em mundial na França

Bicicletas da seleção italiana de ciclismo roubadas antes do mundial - Reprodução/ Instagram
Bicicletas da seleção italiana de ciclismo roubadas antes do mundial Imagem: Reprodução/ Instagram

Do UOL, em São Paulo

24/10/2021 11h15

Vinte bicicletas da seleção italiana de ciclismo foram furtadas durante o Campeonato Mundial que está sendo realizado na França. Os atletas estavam hospedados no Hotel Mercure Lille Marc en Barouel, a poucos quilômetros da cidade Roubaix, onde está sendo realizado o campeonato.

Os integrantes da equipe nacional não perceberam o furto de imediato por estarem dormindo. A delegação afirmou que as bicicletas estavam em um micro-ônibus e que um dos motivos para a escolha da hospedagem foi o estacionamento privado e aparentemente seguro, mesmo sendo mais caro que outras opções.

"Eles [os bandidos] foram bem organizados. Sabíamos da dificuldade, deste ponto de vista, e por isso optamos por ficar num hotel com estacionamento privado e controlado, mesmo ao custo de deslocações diárias mais altas", disse o chefe da delegação aqui em Roubaix Roberto Amadio ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

O furto causou um prejuízo de centenas de milhares de euros aos competidores italianos, já que as bicicletas de competição precisam ter em sua estruturas materiais específicos e de alta qualidade. Segundo a publicação, cada uma custa em média 30 mil euros (o equivalente a R$ 197 mil).

As bicicletas furtadas são pintadas com cores únicas e possuem guidões customizados com tecnologia 3D, que as diferenciam ainda mais das unidades vistas no dia a dia por turistas e moradores locais.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado inicialmente, os guidões foram feitos com impressões em 3D, e não a pintura das bicicletas. O erro foi corrigido no texto.

Esporte