PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Simon vê Inter prejudicado por expulsão e detona uso do VAR no Brasil

Carlos Simon analisa polêmica do jogo entre Fla e Inter - Reprodução
Carlos Simon analisa polêmica do jogo entre Fla e Inter Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/02/2021 19h33

O jogo que definiu a troca de liderança no Brasileiro entre Flamengo e Internacional, no último domingo (21), segue rendendo pela polêmica do cartão vermelho para Rodinei. Ao analisar o critério de Raphael Claus ao decidir pela expulsão do jogador, o ex-árbitro e comentarista dos canais ESPN, Carlos Simon, fala em erro do juiz e ineficiência do VAR no Brasil.

"Na minha opinião, no jogo de ontem, ele deveria ter dado cartão amarelo no pênalti, por ser ataque promissor e ter puxão na camisa. Foi o erro no primeiro tempo. No segundo tempo, jogo calmo, na mão dele. Pela regra, o Rodinei domina a bola e dá um tapa nela e estica a perna para dar de três dedos. Como o Filipe Luis chega antes, dá um tapa na bola e fica com o calcanhar no chão e o outro pisa no adversário. Para mim não houve força excessiva, é uma jogada temerária, passiva de cartão amarela. E depois desse lance ele se perdeu. Não sei o que ia acontecer, mas o Internacional foi prejudicado., disse Simon.

Com dois lances importantes na conta do VAR - a expulsão e o gol de Pedro anulado -, Simon não poupou criticas ao VAR e sua utilização no Brasil e a forma como Claus utilizou o recurso.

"O VAR está completamente equivocado no futebol brasileiro, são erros atrás de erros. O VAR não veio para isso, para lance discutível, ele veio para grandes erros. Os caras não têm o que dizer, quem controla o VAR, o Sergio Correia, que não sei nem o que está fazendo na CBF, já era para ter vazado, está lá há muito tempo. O VAR veio para lances absurdos, não para lance polêmico, interpretativo. No Brasil chamam para qualquer coisa, aqui o VAR funciona como uma muleta, o árbitro não apita. Ontem, o Claus esperou chamar naquele terceiro gol do Flamengo. Apita aquela falta e pronto. Estamos falando do árbitro número 1 do Brasil que está pré selecionado para a Copa do Mundo", argumentou.

Agora, a última rodada definirá o campeão brasileiro de 2020 e o Flamengo tem a vantagem de depender apenas de si diante do São Paulo no Morumbi. Enquanto isso, o Inter torce por um tropeço dos cariocas e precisa vencer o Corinthians em casa.

UOL Esporte vê TV