PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Presidentes de Fla e Inter visitam CBF e "aparam arestas" após provocações

Presidentes do Flamengo e da CBF, Rodolfo Landim e Rogério Caboclo durante premiação da Supercopa do Brasil, em 2020 - Lucas Figueiredo/CBF
Presidentes do Flamengo e da CBF, Rodolfo Landim e Rogério Caboclo durante premiação da Supercopa do Brasil, em 2020 Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Leo Burlá, Pedro Ivo Almeida e Marinho Saldanha

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Porto Alegre

22/02/2021 18h50

Classificação e Jogos

Na semana decisiva do Campeonato Brasileiro, os presidentes de Flamengo e Internacional estiveram nesta segunda-feira (22) na sede da Confederação Brasileira de Futebol.

Após a vitória do Fla por 2 a 1 sobre o Internacional, Alessandro Barcellos, presidente do Inter, ficou no Rio de Janeiro para entender e questionar algumas decisões do juiz Raphael Claus.

Ele pediu para ouvir o áudio do VAR (árbitro de vídeo) que ocasionou a expulsão de Rodinei, no início do segundo tempo do duelo do último domingo. E foi atendido em reunião com o responsável pela arbitragem, Leonardo Gaciba. Na sede da Confederação Brasileira de Futebol, esteve acompanhado pelo advogado Felipe Dallegrave, que trabalha para o clube.

"Era importante vir e registrar nossa posição. O presidente do Flamengo esteve aqui, o presidente do São Paulo esteve aqui, o do Inter também esteve. Passei a tarde lá deixando claras nossas posições", disse Barcellos ao UOL Esporte.

Rodolfo Landim, por sua vez, fez uma "visita de cortesia" à sede da entidade, mas o tema arbitragem também esteve na pauta do encontro. A dois pontos do Colorado, o Fla depende de si para ser campeão. Os mandatários apararam as arestas após dias de tensão e optaram pelo caminho da diplomacia.

Na quinta (25), o Rubro-negro encara o São Paulo, às 21h30, no Morumbi, com arbitragem de Rodolpho Toski Marques. Já o Inter recebe o Corinthians, 21h30, no Beira-Rio. O juiz será Wilton Pereira Sampaio.