PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Gabriel Menino conta que pediu remédio para dormir e diz: 'Nunca chega'

Gabriel Menino diz que tomou remédios para dormir por conta da final da Libertadores - Reprodução/Band
Gabriel Menino diz que tomou remédios para dormir por conta da final da Libertadores Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/01/2021 12h46

Volante do Palmeiras, Gabriel Menino tem sofrido com a espera para a final da Copa Libertadores, sábado, às 17h, contra o Santos. Com dificuldades para lidar com a ansiedade, o jovem pediu remédios para dormir aos médicos do clube.

"Se eu fosse o dono do tempo, eu já mudava tudo para o dia 30. Parece que nunca chega", afirmou a cria da Academia em entrevista à Bandeirantes.

"É muito difícil lidar com essa ansiedade, que a gente precisa dormir também, para descansar. Às vezes, eu peço até um remédio para dormir, para ajudar a dar uma descansada", completou Gabriel Menino.

Já o meia Raphael Veiga acredita que o time deve se preocupar apenas "naquilo que temos que fazer dentro de campo".

"O que nos traz muitas vezes uma ansiedade é a insegurança de pensar no futuro e achar que as coisas não vão caminhar bem. Quando a gente pensa naquilo que a gente não pode controlar, que é o futuro, vem dúvidas. A gente tem que ficar focado e se concentrar somente naquilo que temos que fazer dentro de campo", opinou o camisa 23.

Palmeiras