PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto critica arbitragem por pênalti não marcado para o Santos: 'Roubado'

Neto, apresentador do Donos da Bola - Reprodução/Band
Neto, apresentador do Donos da Bola Imagem: Reprodução/Band

Do UOL, em São Paulo

07/01/2021 15h06

O Santos foi até a Argentina e saiu com um empate sem gols na primeira partida das semifinais da Copa Libertadores. O resultado, no entanto, poderia ter sido outro. Em lance polêmico, o atacante Marinho foi derrubado dentro da área, mas após análise do árbitro de vídeo, o pênalti não foi marcado.

Para Neto, apresentador do 'Donos da Bola', a equipe comandada por Cuca foi prejudicada e lembrou que a arbitragem sul-americana tem por costume beneficiar o Boca Juniors.

"O Santos foi roubado. Não deu o pênalti porque não quis. Quando o Boca foi beneficiado contra o Palmeiras e Corinthians, teve gente comemorando. Agora chegou a vez do Santos. Se fosse o Tevez, tenho certeza que daria o pênalti. O que ajudam o Boca é uma enormidade", disse o apresentador.

O comentarista Edílson afirmou que o pênalti só não foi marcado por conta das constantes simulações do atacante santista.

"O árbitro não deu pênalti por conta do histórico do Marinho. É um jogador que cai e simula muito. Me lembra muito o caso do Neymar. Pode até sofrer o pênalti, mas o árbitro leva em consideração o histórico", completou.

Para chegar à final da Libertadores, o Santos precisa vencer o Boca Juniors na próxima quarta-feira (13). Um empate com gols dá a vaga aos argentinos e em caso de um novo 0 a 0, a duelo será decidido nos pênaltis.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi publicado, o pênalti não marcado foi para o Santos, e não contra o Santos. O erro foi corrigido.

UOL Esporte vê TV