PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Celso Unzelte compara Fernando Diniz a Telê e manda recado: 'Insista'

Celso Unzelte, jornalista da ESPN Brasil - Divulgação/ESPN
Celso Unzelte, jornalista da ESPN Brasil Imagem: Divulgação/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/11/2020 13h04

O comentarista Celso Unzelte, da ESPN Brasil, isentou o técnico Fernando Diniz de culpa pela eliminação do São Paulo na Copa Sul-Americana. Na opinião do jornalista, a responsabilidade deve ser transferida para os jogadores, que vacilaram no momento final da partida.

Na opinião de Unzelte, há semelhanças no trabalho de Fernando Diniz e no de Telê Santana, que chegou a ser conhecido como 'pé frio' em uma fase de sua carreira em que não conseguia bons resultados apesar de montar ótimas equipes. Diante desse cenário, o jornalista pediu para que o atual treinador insista em suas convicções para ter um destino parecido com o antigo técnico, que se tornou ídolo no clube tricolor.

"Os gols que o São Paulo têm tomado não são mais só por causa da linha alta. O que talvez seja até pior. Tem oito caras dentro da área e ninguém tira. É o Diniz? O Diniz não joga. Ele não pode pôr o pé ali, especificamente naquele lance, no fim de jogo ontem. Ele não tem culpa. Ele teria mais mérito no 4 a 2 por ter ficado sem zagueiro. Assim como ele já tinha feito no Fluminense, naquele histórico 3 a 3 contra o Cruzeiro, em que ele acaba perdendo nos pênaltis também", disse em participação no BB Debate, hoje.

"Ele precisa dar uma virada na carreira. Eu ainda acredito porque eu vi o Telê Santana virar de 'pé frio' a 'mestre'. Acho que é um caso parecido: um homem apegado às suas convicções. Insista, Diniz! Monstros são esses caras que querem segurar o 1 a 0, o 0 a 0, esse que devoram o futebol pela raiz", acrescentou.

Nem a vitória por 4 a 3 sobre o Lanús, ontem, no jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, foi suficiente para classificar o São Paulo. O time argentino ficou com a vaga no critério dos gols marcados fora de casa, pois havia vencido a primeira partida, em casa, por 3 a 2.

UOL Esporte vê TV