PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Galvão sugere, e Globo vai avaliar volta de narradores com mais de 60 anos

Galvão Bueno, principal nome do esporte da Globo - Divulgação/Globo
Galvão Bueno, principal nome do esporte da Globo Imagem: Divulgação/Globo

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

20/10/2020 15h31

No fim da última semana, o narrador Galvão Bueno sugeriu para o comando do esporte da Globo que narradores com mais de 60 anos voltem ao trabalho e em eventos ao vivo a partir de novembro. A emissora vai avaliar a situação, mas diretores ouvidos pelo UOL Esporte consideram o retorno como uma possibilidade difícil em meio à pandemia do coronavírus.

Segundo apurou a reportagem, Galvão sugeriu duas opções. A primeira é que se criasse um protocolo mais rígido que o normal para que os narradores que fazem parte do grupo de risco possam entrar nos estúdios da emissora carioca sem ter contato com ninguém que está na redação, trabalhando apenas com os nomes escalados nos estúdios.

A segunda sugestão é que a Globo organizasse uma estrutura de narração com alta tecnologia na casa dos narradores, para que se evitasse delay para o profissional e para o público do jogo. Um exemplo usado internamente na Globo foi a boa experiência da Disney em seus canais esportivos.

Desde maio, quando as transmissões de futebol retornaram, ESPN Brasil e Fox Sports fazem a grande maioria dos eventos pela internet da casa dos narradores - recentemente, em eventos pontuais, a Disney voltou apenas com o narrador do estúdio.

Para Galvão Bueno, esse retorno seria interessante porque os narradores afastados estão sentindo falta do trabalho. Além de Galvão Bueno, estão fora das transmissões do Esporte da Globo nomes como Milton Leite e Jota Júnior.

O primeiro ainda continua em produções da Sportv, participando semanalmente do programa "Redação Sportv", além de comandar uma versão remota do programa de entrevistas "O Grande Círculo". Já Jota Júnior não faz nenhuma atração e apenas produziu alguns especiais.

Galvão Bueno também participa de programas no Sportv, como "Seleção Sportv" e "Bem, Amigos!". O pedido do narrador, além do futebol, é principalmente para que ele consiga fazer uma transmissão da Fórmula 1 ainda na temporada 2020, que pode ser a última da categoria na emissora depois de 39 anos.

Realizar uma corrida de Fórmula 1 neste ano virou uma questão de honra para Galvão Bueno. A Globo sabe disso e prometeu analisar as questões em reuniões da área esportiva com a direção nesta semana.

A emissora, por enquanto, tem afastado todos os seus nomes do grupo de risco e pretendia retornar com eles apenas após a descoberta da vacina para o novo coronavírus. E com essa informação que se trabalha internamente por enquanto.

UOL Esporte vê TV