PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Com mais liberdade, Turner evita disputas diretas com Sportv no Brasileirão

Patrick de Paula celebra gol do Palmeiras contra o Santos pelo Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Patrick de Paula celebra gol do Palmeiras contra o Santos pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

26/08/2020 04h00

Nas últimas semanas, a Turner tem feito solicitações de mudanças em horários de jogos seus no Brasileirão para a CBF. O motivo é simples: a programadora americana passou a ter mais liberdade para encaixar as partidas de acordo com a programação e estratégia de audiência da TNT. Com essas alterações, os jogos estão "fugindo" de um confronto direto contra os escolhidos pelo Sportv.

O último pedido confirmado e protocolado aconteceu na segunda e foi confirmado ontem (25), com o jogo entre Ceará x Santos, pela 8ª rodada, transferido para o horário das 21h do dia 5 de setembro, um sábado. No mesmo dia, o Sportv tem previsto um jogo para a Série B até às 20h45 - ou seja, a aposta é a migração de público.

Outro exemplo recente é a exibição de Ceará x Bahia no último domingo (23) a partir das 20h, logo depois da final da Liga dos Campeões entre PSG e Bayern de Munique, que virou a maior audiência da história da TV paga no Brasil. A Turner entende que a partida exibida mais tarde ajudaria os números do dia a crescerem.

E de fato isto aconteceu: Ceará x Bahia foi líder geral na TV por assinatura por mais de uma hora nos índices de Ibope, segundo apurou a reportagem. O maior tempo de liderança ocorreu no segundo tempo, que aconteceu praticamente todo após o término da partida Sport x São Paulo, exibida a partir das 19h pelo canal esportivo da Globo.

A reportagem apurou que é uma nova ideia da Turner, com o apoio dos clubes. A programadora havia reclamado bastante no ano passado que não tinha como explorar o melhor potencial das partidas adquiridas, porque os times davam prioridade para os horários escolhidos pela Globo.

No acordo costurado para manter os contratos de TV paga assinados e que vão até 2024, os clubes autorizam a Turner a usar os jogos em um horário mais vantajoso. E, para a empresa, o confronto de futebol contra futebol no Brasileirão não é tão benéfico assim para os índices da TNT.

O motivo é que o público mais acostumado a futebol vai dar preferência ao Sportv porque a programação do canal é totalmente dedicada ao esporte. Mesmo que tenha a Champions League e uma programação em parte esportiva, a Turner hoje entende que é uma opção para os torcedores de times que não possuem contrato com a programadora.

Tal teste de fogo para a nova estratégia ocorrerá no próximo sábado (29), com Bahia x Palmeiras reinando sozinho entre os jogos de clubes da Série A, com transmissão a partir das 19h. A Turner espera que, pelo menos na Grande São Paulo, a TNT possa ser líder de audiência entre todos os canais de televisão paga.

UOL Esporte vê TV