PUBLICIDADE
Topo

Jogador dos Patriots lamenta perda de filha em oitavo mês de gravidez

Devin McCourty comemora após interceptar passe dos Jets durante vitória dos Patriots por 45 a 3 - REUTERS/Gretchen Ertl
Devin McCourty comemora após interceptar passe dos Jets durante vitória dos Patriots por 45 a 3 Imagem: REUTERS/Gretchen Ertl

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/05/2020 20h12

Devin McCourty, safety do New England Patriots, usou sua conta no Instagram hoje para compartilhar com os seguidores uma carta escrita por sua esposa, Michelle, relatando a perda da terceira filha do casal, Mia, antes do parto.

Michelle contou que na 31ª semana de gravidez descobriu que o coração do bebê não batia mais, uma semana depois de uma consulta médica que indicava que tudo estava normal.

"Minha gravidez resultou em um parto prematuro com quase 8 meses de gravidez - exatamente 31 semanas 2 dias, quando descobrimos que a menina que crescia dentro de mim não tinha mais batimentos cardíacos depois de estar completamente bem na semana anterior, na minha última consulta médica. Estamos de coração partido. Estamos arrasados. Estamos sem palavras. Nós estamos bravos. Estamos tristes. Nós estamos confusos", relatou Michelle.

A esposa do atleta ainda contou como foi o parto do bebê natimorto, que durou 21 horas. Segundo Michelle, os médicos não souberam explicar a causa da morte de Mia.

"Para piorar, depois de um parto emocional completo de 21 horas, eu empurrei e dei à luz uma linda menina (...) Seguramos nosso bebê (...), mas ela não respirava. Sem choros, Sem movimento. Os médicos disseram não ter respostas para o motivo de isto ter acontecido. Apenas aconteceu, infelizmente", complementou.

O casal tem dois filhos: a garota Londyn, de três anos, e o menino Brayden, de dois.

Paparazzi