PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Globo faz consulta, mas ESPN encaminha renovação de 90 jogos da NFL

REUTERS/Shannon Stapleton
Imagem: REUTERS/Shannon Stapleton

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

27/05/2020 04h00

Uma das mais importantes ligas esportivas do mundo, a NFL deve ter o direito de transmissão de pouco mais de 90 jogos renovado pela ESPN nas próximas semanas por três anos. O fato é comemorado, não só por reforçar a identidade e o investimento em esporte americano da emissora esportiva da Disney, mas também porque a Globo chegou a se interessar por esse cardápio de partidas.

A reportagem do UOL Esporte apurou que, antes da pandemia do Covid-19, houve uma consulta por informações por esse pacote de direitos do futebol americano por parte da Globo, apenas para entender a situação, mas que uma negociação não chegou exatamente a ser aberta. Procurada, a emissora carioca negou que estivesse negociando com a liga americana. "Não procede a informação sobre uma negociação para a transmissão de jogos da NFL", manifestou.

O pacote que falamos é uma série de jogos que contempla pouco mais de 90 partidas da liga de futebol americano. Envolve partidas de domingo à tarde (cerca de quatro por rodada), um jogo de quinta à noite, os playoffs da NFC (uma das duas conferências do futebol americano) e um Super Bowl (final da liga) a cada dois anos.

Esse contrato é fechado exclusivamente para o Brasil e renovado a cada três anos - o último ciclo terminou no fim da última temporada, em fevereiro. Um outro acordo já é da ESPN e envolve direitos para a América Latina, com direito às transmissões da Sunday Night Football e Monday Night Football. Nesse contrato, que dura até o fim da temporada 2021/2022 estão contemplados também os playoffs da AFC (a outra conferência da NFL) e dois Super Bowls a cada três anos.

As negociações da ESPN com a NFL para a renovação já estão bem encaminhadas e, nas próximas semanas, deve ser anunciada um desfecho positivo para a Disney até a temporada 2022/2023. A manutenção deste direito foi considerada uma das prioridades deste ano para o grupo americano, até para manter a marca de 170 jogos transmitidos por ano pela emissora para o público brasileiro.

Mais do que isso: é importante para manter um produto "da casa". Na visão dos executivos locais da Disney, a NFL só se tornou o que é no Brasil, um produto robusto e campeão de audiência, com fãs em todo o país, por causa do trabalho de transmissão, educação no esporte e divulgação da ESPN.

Além disso, investimentos em esportes americanos continuam nos planos da Disney para o Brasil, mesmo com a fusão com o Fox Sports aprovada por aqui recentemente. Em reuniões sobre conteúdos, executivos asseguraram que as ligas americanas serão usadas como uma questão até de posicionamento de marca.

Procurada oficialmente para falar sobre a renovação deste pacote de direitos de transmissão da NFL, a ESPN preferiu não comentar o tema. Mesmo com o Covid-19, a liga americana deverá retornar com a sua temporada no mês de setembro deste ano, mantendo a programação original de jogos.

UOL Esporte vê TV